Histórias TopOpiniãoPelotas

Vereadores gastam demais em coisas inúteis

Acredita Gustavo Jaccottet

Não parei de analisar os gastos dos vereadores de Pelotas. Há uma conclusão óbvia: eles gastam demais em coisas que podem ser consideradas inúteis.

Devo frisar que não há ilegalidade alguma, pois tudo está de acordo com a lei. Mas sugiro que o povo pense e repense em quem votou.

A Câmara de Vereadores precisa de oxigênio. Na votação que outorgou o aumento de 9,6% aos funcionários da Casa, não foi levada em conta a realidade do funcionário pelotense que labora na iniciativa privada.

Lembro de alguns discursos interessantes.

Otávio Soares, antigo presidente da Casa, disse que um parente seu que trabalhava em seu gabinete era merecedor do cargo, pois trabalhava até mais que ele. À época ele criticava a Lei do Nepotismo.

Voltando ao Legislativo atual, causa estranheza a discrepância do gasto com diárias. A Câmara dispõe de R$ 200.000,00 por ano para estas despesas. Nos primeiros cinco meses do ano, foram gastos R$ 47.985,00, cujo líder é o vereador Ademar Ornel, com R$ 5.840,00 reembolsados.

Há vereadores que não constam da lista.

Ornel, apenas em 2018, esteve 12 vezes em Porto Alegre e uma vez em Canoas.

Ivan Duarte, cujo somatório dos gastos é bem menor, R$ 572,50, foi reembolsado de uma visita a Santa Vitória do Palmar para um Debate no IFSUL. Fico me perguntando se a sua vereança ocorre em Pelotas ou em outra cidade, pois esses debates deveriam se dar aqui em Pelotas e, quando fora, não deveriam ser reembolsados; repito, todavia, não há ilegalidade, mas falta bom senso.

Há um número de despesas suficientes para se escrever uma pauta por dia, quiçá duas ou três.

É necessária uma reflexão.

Você se lembra em quem votou? Você fiscaliza o seu vereador? Você vai até ele? Se sim, ele o recebe? Ele o trata de que maneira.

Há alguns anos fui até o gabinete do vereador em quem votei na Eleição de 2016. Sugeri a ele enviar uma Mensagem ao órgão competente para a solução dos problemas de trânsito na Avenida Francisco Caruccio. Na oportunidade estava junto do meu irmão.

O vereador fingiu anotar o meu pedido.

Algumas semanas passadas retomei o contato e o assessor do seu assessor me disse que ele estava ocupado e me retornaria. Estou aguardando até hoje.

Tags
Ver Mais

Conteúdos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close