Ministro da Defesa reconhece que não há prazo para fim de greve

O ministro da Defesa, general Joaquim Silva e Luna, reconheceu que ainda não é possível afirmar quando a greve dos caminhoneiros vai terminar, registra O Globo.

Silva e Luna falou sobre o assunto durante a divulgação das ações dos militares e da Polícia Rodoviária Federal desde o decreto presidencial para a GLO, na sexta.

Segundo o governo federal, já foram emitidas multas no valor de R$ 3 milhões.

Share:

Author: Da Redação

Deixe uma resposta