Éder Blank, “oposição consciente”

Vereador Éder Blank, do PDT, avisou que não vai assinar a CPI para apurar a ocorrência de fraudes no Programa Minha Casa Minha Vida.

Diz que o caso já está sendo investigado pela Polícia Federal e que CPI, na Câmara, nunca dá em nada.

Blank é o que se chama de “oposição consciente”.

Consciente, no caso, de que “não deve cumprir seu papel de fiscal do Executivo”.

Author: Da Redação

1 thought on “Éder Blank, “oposição consciente”

  1. Um vereador afirmar que CPI não dá em nada é vergonhoso e lamentável.
    Deve estar lá pra fazer trabalhos de despachantes para seus eleitores.

Deixe uma resposta