Depois de 45 dias de atraso, prefeitura avisa que vai regularizar repasses para castrações de animais

A Saúde pública pelotense atravessa uma fase ruim. Além das denúncias de que exames de Papanicolau, preventivos de câncer no útero, eram feitos por amostragem (não na totalidade) e de desvios de combustível e adulteração da quilometragem de ambulâncias do Samu, as castrações de  cães e gatos abandonados estão suspensas há 45 dias por falta de repasses de recursos da prefeitura para a ong conveniada SOS Animais.

No final do dia de ontem, após pressões, a prefeitura avisou que vai normalizar a situação.

 

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.