Paula grava vídeo ao lado de Leite se dizendo indignada

A prefeita Paula gravou um vídeo na noite desta segunda-feira (16), publicado no facebook, ao lado do ex-prefeito Eduardo Leite, anunciando providências sobre o caso das denúncias de que exames de pré-câncer de útero não estariam sendo feitas na integralidade e sim por amostragem na cidade.

Mulheres estariam recebendo resultados de “negativo” para câncer, quando na verdade estariam doentes e até sendo vítimas da doença.

A prefeita diz que mandou abrir sindicância. Diz também que nesta terça-feira (17) vai se reunir com Ministério Público, com a direção do laboratório SEG (Serviço Especializado de Ginecologia) e com a Unidade Básica da Bom Jesus, onde apareceu a suspeita de que os exames eram feitos por amostragem.

Paula diz que defende uma CPI na Câmara de Vereadores e que procurou a Polícia Federal (delegado Cássio Berg) para ajudar na investigação. Diz ainda que afastou a secretária de Saúde Ana Costa por 15 dias e que assumiu pessoalmente a Secretaria para acompanhar de perto o caso.

A prefeita diz que contratou novo laboratório para refazer um lote de 1000 exames e comparar os resultados.

Eduardo Leite diz que “já foi dada orientação aos vereadores da base para aprovar a CPI”.

Leite enfatiza que o laboratório presta serviço desde o ano 2000. E que foi o único a ser credenciado pelo Ministério da Saúde para prestar o serviço na cidade. “Nós estamos indignados com isso e queremos que a população fique tranquila e confie na segurança dos exames”.

Share:

Author: Da Redação

1 thought on “Paula grava vídeo ao lado de Leite se dizendo indignada

  1. Eu nõa acredito que algo como o DENUNCIADO possa ter ocorrido. Se ocorreu, com certeza ha algum dispositivo LEGAL, portaria da ANVISA por exemplo, que permite tal NEFASTA PRATICA de amostragem! Fazer coleta por amostragem em produtos e serviços, é normal, você consegue montar indicadores (vetores) e trabalhar para ajustar os produtos e serviços (p.ex.qualidade). Nunca ouvi falar de amostragem em exames clinicos….Se nõa há Dispositivo Legal (Nefasto) permitendo isto e isto ocorreu, então há ESQUEMA entre o PRESTADOR DE SERVIÇOS e os SERVIDORES diretamente ligados ao serviço, algo também NEFASTO! Isto é muito, muito fácil de ser descorberto. Primeiro verificar se há dispositivo Legal que permita tal prática, nõa havendo, basta re-avaliar uma quantidade de AMOSTRAS, se houver desvios comparado com os relatórios…ai é só aprofundar a análise…Caso de POLICIA, CRIMINAL!

Deixe uma resposta