Matéria da RBS/TV apresenta caso que confirma que exames de pré-câncer eram falhos

RBS/TV denunciou a morte em Pelotas de Emanuelle da Silva, de 34 anos, por câncer de colo de útero, provando, com documentos, que os exames feitos na mulher, através do sistema municipal de saúde, davam como resultado “normal” (negativo), mesmo que ela estivesse doente.

⊕ Mais notícias sobre o caso dos exames de pré-câncer

A reportagem informa que tentou falar com a secretária de Saúde, Ana Costa, mas que ela não retornou as ligações.

A prefeitura foi alertada duas vezes sobre a insegurança dos exames, mas não investigou os alertas. O primeiro alerta foi dado na gestão do então prefeito Eduardo Leite, em 2014. O segundo, em 2017, na gestão de Paula Mascarenhas.

Author: Da Redação

Deixe uma resposta