Um tento a favor da vida

A prefeita Paula Mascarenhas sancionou nesta terça-feira (4) a Lei que inclui no calendário oficial do município o mês do Setembro Amarelo, que visa conscientizar e prevenir sobre o suicídio.

A proposta é de autoria do vereador Enéias Clarindo (PSDB).

“Assim como o Outubro Rosa e o Novembro Azul, o Setembro Amarelo tem o intuito de valorização da vida, buscando o diálogo sobre as causas do suicídio”, justificou Enéias.

A equipe de Saúde Mental da Secretaria Municipal de Saúde apresenta junto aos Centros de Atendimento Psicossociais de Pelotas inúmeros serviços de prevenção ao suicídio, no intuito de salvaguardar os pacientes que sofrem de depressão, doenças mentais e dependência química, situações que vulnerabilizam indivíduos a tentarem contra suas próprias vidas.

A Lei entra em vigor a partir da data de sua publicação e será regulamentada pelo Poder Executivo.

Share:

Author: Da Redação

Deixe uma resposta