Bolsonaro x Haddad

Tenho lido que um segundo turno entre Bolsonaro e Haddad seria o pior dos mundos, pois caminharíamos para uma guerra civil, com a vitória de um ou de outro.

Discordo.

Não há o que temer. No país-laboratório que é o Brasil, toda nova experiência é empolgante.

Aliás, notando a animação das pessoas com o processo (ops) eleitoral, me ocorreu que talvez esteja aí uma nova experiência de valor: passarmos a ter eleições gerais de ano em ano (sem direito a fundo partidário e eleitoral), pra manter a gente permanentemente na “expectativa de uma perspectiva”.

O segredo da vida é manter a esperança. O problema é que o prazo de validade dela no Brasil ficou curto, daí a sugestão.

Por isso, por causa da necessidade de manter a esperança, acredito que talvez não esteja longe o dia em que passaremos ao parlamentarismo, nem que seja por uma questão de “mercado”.

Share:

Author: Rubens Spanier Amador

1 thought on “Bolsonaro x Haddad

  1. Defendo o parlamentarismo tambem;assim como o controle da natalidade e a educação;
    Vejam , agora saiu IDH; os paises que são lideres todos são parlamentaristas; Noroega,Suecia,
    Australia,Alemanha e outros.

Deixe uma resposta