Connect with us

Pelotas & RS

Dois pesos e duas medidas no Centro de Atenção ao Autista

Published

on

Nesta segunda-feira chuvosa (1), Aline Bandeira, mãe de um garoto autista, entrou com o carro no estacionamento interno do Centro de Atenção ao Autista, em Pelotas. Mãe, filho e uma acompanhante do menino desceram do veículo. O garoto seguiu para o atendimento, Aline e a acompanhante se acomodaram no reservado de espera.

Cinco minutos depois, um funcionário veio até Aline dizer que ela retirasse o carro do estacionamento. Aline perguntou o motivo, o funcionário respondeu que a lei proíbe propaganda eleitoral dentro de repartições públicas.

O veículo dela trazia colado ao vidro um adesivo de Mateus Bandeira, candidato ao Piratini pelo Partido Novo.

Coincidentemente, Aline é irmã de Mateus Bandeira.

Embora contrariada com a determinação, dadas as circunstâncias (chuva e o comportamento instável do filho), ela obedeceu. Retirou o carro, estacionando-o relativamente longe do prédio do Centro de Atenção, na rua.

No fim do atendimento, o filho e a acompanhante tiveram de enfrentar chuva até chegar ao carro na rua, e o risco de que o garoto, pela condição de saúde, se abalasse entre os carros transitando na via.

Dois pesos e duas medidas

Agora um exemplo oposto: aberta a campanha eleitoral, o candidato Eduardo Leite, acompanhado da prefeita Paula Mascarenhas, do candidato Alckmin e de membros da equipe da campanha eleitoral estiveram no interior do Centro de Atenção ao Autista, gravando cenas no interior do prédio, cenas que foram usadas na propaganda eleitoral de Eduardo Leite.

Nessa vez, a prefeita Paula ignorou a lei, ferindo-a despudoradamente para atingir um interesse pessoal e partidário dos tucanos, em nome da conveniência pessoal e partidária, já que ela e Leite conhecem a lei.

Mesmo conhecendo, eles a desrespeitaram conscientemente, sem dar importância às consequências legais de seus atos, que – diga-se de passagem – vieram.

Da conveniência pessoal e eleitoral, a prefeita Paula passou a outro extremo: o rigor legal exagerado contra pais de autistas, desconsiderando inclusive as circunstâncias de chuva e dos fatores de risco comportamental dos autistas, obrigados a caminhar sob chuva, em meio ao trânsito, até chegarem aos carros que os transportam.

Os dois episódios, por si só e combinados, são uma prova do que pode ser a ambição ‘desumana’ pelo poder.

Continue Reading
1 Comment

1 Comment

  1. Mauricio Almeida Gameiro

    03/10/2018 at 10:39 AM

    Nossa, acho uma boa oportunidade para esclarecer a legislação. Conheço pouco dela, mas acho que não era para tanto. Então carros que estão dentro de estacionamentos de órgãos públicos mesmo que seja destinado aos clientes (estes não sendo funcionários) não podem estar ali estacionados por conterem adesivos de candidatos?

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.

Pandemia

Happy Hour da Vacinação – Auditório Colégio Pelotense, das 17h às 21h

Published

on

Para acelerar o processo de imunização, a Prefeitura realiza nesta quinta-feira (23), mais uma edição do Happy Hour da Vacinação, desta vez para aplicação de segunda dose em pessoas acima dos 18 anos que receberam a primeira dose da Coronavac, dia 25 de agosto, data do primeiro evento, e também aquelas que receberam a vacina do mesmo laboratório em outras datas e estão com a segunda dose em atraso.

A vacina será aplicada no auditório do Colégio Pelotense, com entrada pela avenida Bento Gonçalves, no Centro, e ocorre das 17h às 21h. Enquanto a população recebe a proteção, serão realizadas apresentações de música ao vivo. 

A secretária de Saúde, Roberta Paganini, explica a importância deste público comparecer à ação, para completar o esquema vacinal. “Vacinar-se com todas as doses necessárias é um ato de cuidado consigo mesmo e com o próximo”, reforçou a titular da Saúde.

Veja as informações:

Happy Hour da Vacinação – Auditório Colégio Pelotense , das 17h às 21h

– Quinta-feira (23) – 2ª dose para pessoas com 18 anos ou mais 

Não esqueça os documentos

Para completar a proteção, é preciso portar carteira de identidade e comprovante de vacinação para comprovar a primeira dose.

Para agilizar o processo de imunização, a Prefeitura disponibiliza no site do coronavírus, o comprovante de vacinação. O público pode levar o documento impresso, com as informações pessoais preenchidas. No entanto, é importante esclarecer que levar o comprovante preenchido não é uma obrigação, mas uma maneira de facilitar o trabalho e diminuir o tempo de espera durante o processo.

A SMS alerta

A Secretaria Municipal de Saúde informa que é preciso aguardar o intervalo mínimo de 14 dias entre a aplicação da vacina contra a Covid-19 e qualquer outra do esquema vacinal, incluindo a que protege da gripe, para garantir a imunização correta.

Além disso, as pessoas que apresentarem sintomas gripais não devem comparecer na data marcada. O mesmo vale para quem tiver positivado para o coronavírus. É preciso aguardar 30 dias do início dos sintomas para receber a aplicação.

Continue Reading

Pelotas & RS

Ficou bom o conjuntinho

Published

on

Governador Eduardo Leite, neste 20 de Setembro, usou um conjuntinho azul com lenço branco.

Casaquinho à moda toureiro, bem curto.

Continue Reading

Pandemia

Prefeitura autoriza presença de público em estádios

Published

on

Liberação de torcedores nos jogos terá como exigência o passaporte vacinal, além de cumprimento rigoroso de protocolos sanitários previstos nos decretos municipais e estaduais

Prefeitura de Pelotas publicou, nesta sexta-feira (17), o Decreto nº 6.467/2021 que autoriza a presença de torcedores nos estádios de futebol. Para isso serão exigidos a apresentação da carteira de vacinação e o cumprimento dos protocolos de segurança. A lotação seguirá o recomendado pelo Sistema 3As do governo do Estado, que prevê 40% da capacidade da estrutura sem ultrapassar o número de 2.500 pessoas.

Em reunião realizada na manhã desta sexta-feira, com dirigentes do Grêmio Esportivo Brasil, a prefeita Paula Mascarenhas anunciou a publicação do Decreto que libera o público já para o jogo da próxima terça-feira (21) em Pelotas, mediante a apresentação do passaporte vacinal (carteira ou comprovante de vacinação), além do controle rígido dos protocolos de segurança especificados no regramento.”O Brasil se comprometeu em cuidar muito disso, estimular os torcedores para que sigam as determinações, justamente pra gente dar exemplo para o país de organização”, disse Paula.

Conforme os dirigentes do Clube, diferentes medidas de proteção já vinham sendo planejadas, como a divisão das arquibancadas em quatro setores isolados, com acesso por portões específicos e controle do número de pessoas por espaços.

“Já tivemos reunião com a Brigada Militar e fizemos os encaminhamentos referentes a estas divisões, para que não tenhamos nenhuma aglomeração e, com isso, queremos realmente ser referência nacional em termos protocolares”, detalhou Carlos Moncks, vice-presidente administrativo do Brasil, reforçando que atualmente já é utilizada a verificação por meio do sistema Conecte Sus para confirmação de que os profissionais e demais convidados, que têm acessado o estádio Bento Freitas, estão vacinados contra a Covid-19, e para a verificação da carteira de vacinação.

Detalhamento do Decreto nº 6.467/2021

Conforme as novas determinações, ficam autorizadas as seguintes atividades:

– Competições esportivas em estádios e locais abertos – com público necessariamente sentado, distanciamento de um metro entre pessoas ou grupos coabitantes com limitação de 40% das cadeiras até o máximo de 2.500 pessoas por estádio. Além da apresentação obrigatória do comprovante ou carteira de vacinação para maiores de 17 anos e da observação integral dos protocolos obrigatórios e variáveis para atividade definidos pelo Sistema 3As do governo do Estado.

– Feiras, exposições e seminários – mediante a solicitação prévia ao Município para realização de eventos com público superior a 400 pessoas, acompanhada de projeto e protocolos de prevenção de acordo com a portaria SES/RS nº 391/2021.

– Teatros e equipamentos culturais – com público exclusivamente sentado e ocupação intercalada entre cadeiras e limite de 40% das cadeiras. Solicitação prévia ao Município para realização de eventos com público superior a 400 pessoas, acompanhada de projeto e protocolos de prevenção de acordo com a portaria SES/RS nº 391/2021, além da observação integral dos protocolos obrigatórios e variáveis para atividade definidos pelo Sistema 3As do governo do Estado, inclusive no que se refere ao consumo de alimentos e bebidas

O decreto também autoriza a utilização dos vestiários nas academias, centros de treinamentos, ginásios, clubes esportivos e similares, desde que mantido o distanciamento interpessoal de dois metros e a higienização constante do local.

Continue Reading

Trending

Copyright © 2017 Zox News Theme. Theme by MVP Themes, powered by WordPress.