Connect with us
https://www.mvpthemes.com/zoxnews/wp-content/uploads/2017/07/zox-leader.png

Opinião

RealTime Big Data: Leite tem 56% dos votos válidos e Sartori, 44%

Published

on

O Instituto RealTime Big Data divulgou nesta quarta-feira (24) mais uma pesquisa de intenção de votos para o governo do Rio Grande do Sul. Os resultados são os mesmos da pesquisa passada do Instituto: Eduardo Leite (PSDB) manteve os mesmos 56%. José Ivo Sartori (MDB), 44%.

Na pesquisa estimulada, que considera os votos brancos, nulos e indecisos, Eduardo Leite está com 48%. Já o governador José Ivo Sartori soma 37%. Brancos e nulos representam 9% e indecisos são 6%.

Contratada pela RealTime Big Data e divulgada pela Record TV, a pesquisa entrevistou 1.500 pessoas no dia 22 de outubro.

Click to comment

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.

Cultura & entretenimento

O filme mais insano da carreira de James Wan: Maligno

Published

on

Madison (Annabelle Wallis) passa a ter sonhos aterrorizantes de pessoas sendo brutalmente assassinadas. Ela acaba descobrindo que, na verdade, são visões de crimes enquanto acontecem. Aos poucos, ela percebe que esses assassinatos estão conectados a uma entidade do seu passado chamada Gabriel. Para impedir a criatura, Madison precisará investigar de onde ela surgiu e enfrentar seus traumas de infância.

James Wan é, sem dúvidas, um dos cineastas de terror mais importantes dessa geração. Responsável por iniciar franquias como Jogos Mortais e Invocação do Mal, Wan sempre inova em seus projetos.

Até mesmo os maiores clichês do gênero são reinventados e executados com perfeição em sua filmografia. Aqui, o diretor mantém suas características e homenageia subgêneros como o slasher e o Giallo, de Dario Argento. Há, ainda, referências ao cinema trash e aos filmes de horror japoneses. Por mais que a produção tenha os seus defeitos, a jornada está repleta de sequências de tirar o fôlego.

Maligno é o tipo de filme que, quanto menos soubermos, melhor. O roteiro de Akela Cooper, com uma história de James Wan e Ingrid Bisu, explora uma trama cheia de reviravoltas que deixam o espectador angustiado com o que está acontecendo com a protagonista.

Através de um thriller investigativo sombrio e repleto de nuances sobrenaturais, a jornada de Madison começa logo após um grave incidente. A partir daí, um intrigante quebra-cabeça é apresentado e nada parece fazer muito sentido. Enquanto isso, mortes violentas vão se acumulando ao redor de Madison. Aliás, a revelação do mistério apresenta-se como um dos mais chocantes e surreais plot twists do ano.

Visualmente impressionante, o filme tem uma estética própria, com uma paleta de cores vibrante, onde o vermelho do sangue e o preto da escuridão se contrastam criando uma atmosfera assustadora. Também se destacam sequências ousadas e filmadas de forma magistral, em cenas de ação brilhantemente coreografadas.  

Maligno é o filme mais insano da carreira de James Wan, e deve agradar não apenas os fãs do gênero. Um filme de terror cheio de reviravoltas e que consolida James Wan como um dos grandes contadores de histórias de terror em Hollywood.

PUBLICIDADE: Aurora, novo empreendimento da Idealiza Cidades no Parque Una

Continue Reading

Brasil & Mundo

Encantado e desencantado

Published

on

Encantado ganhou destaque nacional em tempos de pandemia, com a construção do Cristo Protetor que havia iniciado em 2019 mas seguiu a pleno em 2020 e 21. A primeira necessidade humana é sobreviver, a segunda é ser feliz, e essa iniciativa atende a ambos instintos.

Numa crise de saúde e empregos, muitas pessoas se apegam a fé. Já as pessoas em condições melhores buscam outras necessidades, como lazer e turismo, que essa bela construção também proporciona.

A história é interessante, foram terras doadas por três famílias para a Prefeitura de Encantado com a finalidade específica de construir a estátua do Cristo, mas o poder público não gastou nada na construção, custeada pela própria sociedade da cidade, organizada na Associação Amigos do Cristo (AAC), recebendo doações de pessoas, empresas e entidades, para um orçamento de mais de 2 milhões de reais. Será a maior estátua de Cristo no Brasil, quase 5 metros mais alta que o Cristo Redentor.

A obra vai atrair turistas para o Vale do Taquari, tendo como atrativo um elevador que leva a uma linda vista panorâmica da região, e já é um sucesso midiático, com brincadeiras do Prefeito do Rio de Janeiro no twitter e até do jornal inglês The Sun, de que a iniciativa vai “ofuscar” o Cristo Redentor. Para a inauguração, prevista para o final de 2021, além do Prefeito do Rio será convidado também o Papa Francisco.

As necessidades humanas vão além das mais básicas como emprego, saúde e educação, fé e lazer também são importantes para a saúde emocional. A pessoa pessimista, trancada em casa, acuada pela pandemia, entra em sofrimento, ansiedade, depressão. E os ambientes cujo atrativo é a natureza, as paisagens, são os mais saudáveis, até porque não envolvem aglomerações, são passeios ao ar livre.

Estamos todos encantados com Encantado, justificando seu nome. Mas desencantados com Porto Alegre, onde o potencial turístico do Guaíba até hoje recebeu apenas a “nova Orla” mas nada que atraia turistas, tal como a linha turística que o Aeromóvel propôs do Gasômetro até o Pontal, não liberada ainda, que sequer geraria gastos públicos, seria custeada por investidores.

Porto Alegre tem morro à beira do Guaíba mas não tem teleférico, como Camboriú, outro exemplo de turismo. Resulta que os milhões de turistas que vão a Gramado (que já chegou a ser de 8 milhões de pessoas por ano) sequer param em Porto Alegre, apenas desembarcam do avião na capital, Agora nem mais isso, pois a TAM anuncia um voo direto entre São Paulo e Caxias do Sul, tirando Porto Alegre definitivamente do mapa turístico.

Continue Reading

Brasil & Mundo

Aumenta a desconfiança do brasileiro com Judiciário, MP e STF, diz Datafolha

Published

on

Conjur: A confiança do brasileiro não derreteu apenas em relação ao presidente Jair Bolsonaro, seu modo de governar, o Congresso e os partidos políticos, segundo a última pesquisa do Dafafolha, feita entre os dias 13 e 15 de setembro.

Instituições como Judiciário, Ministério Público e o Supremo Tribunal Federal também perderam prestígio com o eleitor, de acordo com levantamento feito em todas as regiões do país, presencialmente com 3.667 pessoas, em 190 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

O instituto detectou aumento da desconfiança, por exemplo, no Ministério Público, que costumava ser bem avaliado pela população, até por conta das operações “heroicas e espetaculosas” no auge midiático lavajatista. Neste mês, disseram que não confiam na instituição 30%, ante 23% em julho de 2019.

Entre os que confiam muito no MP, hoje são 15%, ante 23% em 2019. Ao menos 53% disseram confiar um pouco. Eram 52% em 2019.

O Judiciário também não se saiu bem neste levantamento: 31% dos entrevistados disseram não confiar na instituição (eram 23% em julho de 2019) e outros 51% informaram confiar um pouco (48% em 2019). Os que confiam muito são 15%, ante 24% anteriormente.

Alvo predileto do presidente Bolsonaro e de seus seguidores, o Supremo Tribunal Federal também perdeu prestígio. Não tanto quanto o mandatário do Executivo. Se em julho de 2019 31% não confiavam na Presidência da República, hoje são 50%.

Já o STF registra 38% de desconfiança. Eram 33% há dois anos. Outros 44% confiam um pouco (eram 47%) e outros 15% (eram 17%) disseram confiar muito na Suprema Corte.

Continue Reading

Em alta