Cármen Lúcia suspende decisões que determinaram ação de policiais em universidades

A ministra Cármen Lúcia concedeu neste sábado decisão liminar para suspender os efeitos judiciais e administrativos “que determinaram o ingresso de policiais em universidades públicas e privadas no país”.

Cármen Lúcia também suspendeu os efeitos de decisões que determinaram o recolhimento de “documentos, a interrupção de aulas debates ou manifestações de professores e a alunos universitários”.

A decisão foi tomada em uma ação apresentada pela PGR na noite de sexta-feira.

“Sem liberdade de manifestação, a escolha é inexistente. O que é para ser opção, transforma-se em simulacro de alternativa. O processo eleitoral transforma-se em enquadramento eleitoral, próprio das ditadura”, escreveu a ministra.

Cármen Lúcia / Foto de Fatima Meira/Futura Press
Share:

Author: Da Redação

Deixe uma resposta