Parque Una começa obra do seu Centro Tecnológico

A Urbanizadora pelotense Idealiza Urbanismo começou a obra de construção do Centro de Inovação Tecnológica do Parque Una, pensado como elemento essencial para a dinâmica de vida própria do bairro planejado, aproximando e reunindo talentos para a produção de tecnologia.

Centros assim são uma modalidade essencial de formação hoje. A escola tradicional exige pelo menos 20 anos de estudo. É importante, mas a tecnologia está cobrando urgência do mercado.

A escola tradicional, baseada em fundamentos iguais há 50 anos, não prepara no ritmo exigido pela evolução. Dai pesquisadores estimarem que, nos próximos 20 anos, o mundo vai testemunhar um desenvolvimento da tecnologia e da sociedade maior que nos últimos 300 anos. Era preciso, portanto, aprofundar alternativas de aprendizado em paralelo ou como extensão do ensino tradicional para sintonizar o estudante às novas realidades.

Parque Una

Em fase de construção, o Parque Una é um condomínio aberto, sem muros, planejado na forma de um bairro com dinâmica própria e capacidade de abrigar 8 mil pessoas em um novo centro da cidade de Pelotas.

O projeto de ocupação urbana é uma evolução em relação ao velho urbanismo do centro antigo, hoje em dia sobrecarregado de problemas. O Una ressuscita no bairro o que falta aos centros antigos: o senso de comunidade dos habitantes,  de responsabilidade coletiva sobre o espaço público.

O projeto acompanha o conceito da evolução digital, rumo à simplicidade compartilhada, favorecendo regimes colaborativos de produção a distância e aproximando moradia e trabalho.

Mesmo contendo benefícios de condomínio fechado, como pistas de caminhada, playground, área de contemplação e um lago, Parque Una (e daí o nome do bairro ser “Parque”) é um convite a que toda a população o desfrute como uma extensão de sua casa.

Localizado às costas do Shopping Pelotas, o Una, quando estiver totalmente pronto, reunirá um conjunto de torres residenciais e comerciais associadas à completa infraestrutura de lazer, em um ecossistema integrado à natureza.

Do lançamento até hoje, seis torres foram lançadas e as obras, começadas. São elas: as torres Hola (duas residenciais), em 2016; as torres Plex (comercial), Flow Work (comercial) e Flow Live (residencial), em 2017; Plaza Mayor (torre residencial), em 2018.

Obras do Centro Tecnológico

Author: Da Redação

Obrigado por participar.