Connect with us
https://www.mvpthemes.com/zoxnews/wp-content/uploads/2017/07/zox-leader.png

Pelotas & RS

Simp libera nota sobre manifestação na Câmara

Publicado

on

Nota do Simp:

O Sindicato dos Municipários de Pelotas vem se posicionar a respeito da presença de professores da rede municipal de ensino e dos auxiliares de educação infantil na Câmara de Vereadores, no último dia 13, quinta-feira, para acompanhar a reunião da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) em que seria apreciado o projeto de lei que altera os vencimentos dos servidores, retirando direitos do magistério.

As livres manifestações ocorridas no Plenário da Câmara se deram de forma ordeira e pacífica, como historicamente acontece nas mobilizações dos municipários. A presença da categoria na Câmara, especialmente para acompanhar os debates e votações a respeito do projeto de lei que altera a carreira funcional, é garantia constitucional, democrática e do Estado de Direito, não podendo ser impedida, sob qualquer argumento.

A comunidade pelotense já se acostumou com as mobilizações e manifestações dos municipários, sempre com firmeza e criatividade, garantindo a integridade física de todos e a preservação do patrimônio público.

É absolutamente normal, no ambiente democrático, onde há disputas de interesses e opiniões divergentes, que ocorram debates mais acalorados, vaias, aplausos e manifestações diversas, o que ocorre até mesmo entre os próprios parlamentares, não podendo ser impedido.

A liberdade de presença da população, incluindo a categoria dos municipários, no Plenário da Câmara de Vereadores, deve ser garantida permanentemente, principalmente por ser esta a verdadeira Casa do Povo.

A suspensão da tramitação do projeto de lei na CCJR foi sem sombra de dúvidas uma importante vitória, mas temos de nos manter alertas, pois a qualquer momento poderá haver nova manobra do Governo, com a retomada de sua tramitação.

Violência é atacar os direitos dos professores e auxiliares de educação infantil, que terão suas vidas funcionais, sua remuneração e suas famílias atingidas caso o projeto que retira direitos seja aprovado; violência é atacar a educação em Pelotas, precarizando-a; violência é retaliar os vereadores da base governista que se manifestaram contrários ao projeto; violência é tentar partidarizar um movimento que pela sua amplitude e justeza conta com o posicionamento de vereadores das mais diversas siglas.

Já contamos com o posicionamento da maioria dos vereadores, contrários ao referido projeto e a favor da educação. Continuamos em assembleia permanente, nos mantendo mobilizados e vigilantes, havendo necessidade de paralisação da categoria quando o projeto retomar sua tramitação, conforme decisão da assembleia realizada na frente da Câmara de Vereadores.

Clique para comentar

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.

Pelotas & RS

Por um metro, UFPel e UCPel ausentes do Conplad há mais de meia década

Seis anos de ausência, mais de meia década, por um metro de trena

Publicado

on

O Conselho Municipal do Plano Diretor (Conplad), responsável por zelar e formular soluções relativas ao planejamento urbano da cidade, continua sem a participação das Universidades Federal e Católica.

Até 2018 as instituições participaram. Naquele ano porém abandonaram o Conselho, após serem vencidas numa votação. Foram contra a elevação de um metro na altura dos edifícios, não gostaram do resultado e deram adeus ao grupo.

Hoje saiu o edital da nova composição do Conselho, que tem mandato de dois anos. Como nem UFPel nem UCPel aparecem na relação, ficarão mais um biênio sem participar das definições.

Seis anos de ausência, mais de meia década, por um metro de trena.

Pelotas ganha ou perde? Que te parece?

Continue Reading

Pelotas & RS

Tucson derrapa e mata quatro da mesma família

A caminhonete Tucson, que levava a família, sentido capital-interior, saiu da pista, capotou, rolou e ficou submersa em um banhado

Publicado

on

Um acidente rodoviário matou quatro pessoas de uma mesma família de Jaguarão.

Eram cerca de 14h30 da tarde deste sábado de chuva.

Km 550 da BR-116, altura do Capão do Leão.

A caminhonete Tucson, que levava a família, sentido capital-interior, saiu da pista, capotou, rolou e ficou submersa em um banhado.

Morreram um homem de 41 anos, uma mulher de 47 e duas crianças, uma menina de seis e um garoto de quatro anos.

Após os trabalhos dos policiais rodoviários, o trânsito foi liberado.

PUBLICIDADE

Clique aqui para um tour pela Escola Mario Quintana

https://marioquintana.com.br/tourvirtual/

Continue Reading

Pandemia

Covid: Atendimento é suspenso na UBS Cohab Fragata. Pessoal da saúde está contaminado

Local ficará fechado até que o quadro de pessoal seja reorganizado e os resultados dos testes da equipe sejam divulgados

Publicado

on

Unidade Básica de Saúde (UBS) Cohab Fragata teve os atendimentos suspensos, a partir desta sexta-feira (22), após alguns profissionais testarem positivo para o coronavírus e outros apresentarem sintomas gripais.

A Secretaria Municipal de Saúde informou que o local ficará fechado até que o quadro de pessoal seja reorganizado e os resultados dos testes da equipe sejam divulgados. A unidade também deve passar por uma higienização.

Pessoas que têm a UBS Cohab Fragata como referência e precisarem de atendimento, devem se dirigir às unidades Virgílio Costa, localizada na rua Epitácio Pessoa, 1.291, e Fraget, na rua Três, 81, na Vila Real. Esses locais também estão sediando ações de vacinação, das 8h30 às 11h e das 8h às 15h, respectivamente.

Continue Reading

Em alta