Connect with us

Pelotas & RS

9º Festival Internacional Sesc de Música terá 60 espetáculos gratuitos

Publicado

on

Entre os dias 14 e 25 de janeiro, Pelotas recebe novamente um dos maiores eventos de música de concerto da América Latina, o 9º Festival Internacional Sesc de Música.

Durante duas semanas, serão oferecidos em Pelotas, 60 espetáculos gratuitos, entre concertos, recitais e apresentações na comunidade, além dos 24 cursos disponíveis que vão reunir cerca de 380 alunos de Estados e países diferentes.

O corpo docente conta com 49 professores, oriundos de 14 nacionalidades, o que qualifica ainda mais o ensino pela diversidade e proporcionará um ímpar intercâmbio de culturas e idiomas.

A expectativa é reunir cerca de 500 profissionais da música, entre professores, alunos, músicos e técnicos. A música estará presente nos mais variados espaços de Pelotas e tanto visitantes quanto a comunidade local vão vivenciar 12 dias especiais de cultura.

Após nove de anos de muito acolhimento da comunidade, nesta edição o Festival faz uma homenagem à cidade anfitriã, utilizando o slogan “O lado doce da música”.

Publicidade

“É uma homenagem ao reconhecimento da tradição doceira como Patrimônio Imaterial do Brasil, título concedido pelo IPHAN a Pelotas, e desse modo criando esse link entre o doce e a música, sendo o festival um importante momento para fortalecer nacionalmente e internacionalmente os aspectos culturais e turísticos de Pelotas”, explica o gerente de Cultura do Sesc/RS, Silvio Alves Bento.

Também com o intuito de uma maior conexão com os pelotenses, grande parte da programação é destinada aos Festivais na Comunidade. Com mais de 20 apresentações, o projeto leva a música aos mais variados espaços da cidade, como hospitais, asilos, igrejas, praia e até zona rural. O objetivo é envolver a todos em uma consciência de pertencimento e uma atmosfera de emoção.

“O festival é feito com pessoas e para pessoas. O sucesso desse projeto reside justamente nessa apropriação que a comunidade de Pelotas fez. O sentido de toda ação cultural está nessa troca, nessa construção de relações que tem a música como elo. O que fortalece o festival de música de Pelotas é justamente o carinho e o acolhimento que se estabeleceu desde a primeira edição”, comenta Silvio.

Outra novidade deste ano é a implementação do Choro na grade de cursos, dando mais espaço para o aprendizado de violão, acordeon, bandolim e cavaquinho, além dos sopros e a percussão. No ano anterior, o choro estava inserido na modalidade de oficina com menor duração. Mas devido ao alto interesse dos alunos a oficina foi transformada em curso e terá duração integral, conforme os outros cursos do Festival.

Além deste, também são realizados os cursos de violino, viola, violoncelo, contrabaixo, flauta, oboé, clarinete, fagote, trompa, trompete, trombone tenor, trombone baixo, tuba, eufônio, saxofone, harpa, percussão, violão clássico, piano, composição e canto lírico. Completam a programação do evento os ensaios e Recitais de Música de Concerto, Música de Câmara, Prática de Orquestra e Prática de Banda Sinfônica.

Mais informações sobre o evento podem ser obtidas no site www.sesc-rs.com.br/festival.

Entre os destaques da programação, está o concerto de abertura, no dia 14 de janeiro, com a Sphaera Mundi Orquestra. O coletivo se apresenta às 20h30, no Theatro Guarany e conta com a presença da solista argentina Lucia Luque, no violino.

Publicidade

No mesmo dia, às 18h, também acontece o tradicional Cortejo Musical, com saída em frente ao Mercado Público, seguindo pelo calçadão das ruas Andrade Neves, Sete de Setembro e XV de Novembro.

Toda a comunidade é convidada a seguir o cortejo que reunirá músicos envolvidos no festival e já a partir deste momento transforma a atmosfera da cidade com mais arte e emoção. Confira a programação completa abaixo.

A realização do Festival é do Sistema Fecomércio-RS/Sesc, com apoio institucional da Prefeitura Municipal de Pelotas e apoio cultural da Universidade Federal de Pelotas, Universidade Católica de Pelotas, Faculdade Senac, Bibliotheca Pública Pelotense, Unisinos, OSPA, Expresso Embaixador, Biri Refrigerantes, Ecosul e Café 35.

Ingressos gratuitos

A retirada de ingressos antecipados é necessária apenas para os espetáculos que ocorrerão no Theatro Guarany.

A organização sugere a doação de 1kg de alimento não perecível (alimentos que serão direcionados a entidades sociais cadastradas no Programa Mesa Brasil Sesc).

Cada pessoa poderá retirar um par de ingressos por apresentação, conforme cronograma: nos dias 09, 10, 11, 14, 15, 16/01 podem ser retirados ingressos para espetáculos de 14, 15, 16/01; Nos dias 14, 15, 16, 17, 18, 19 e 21/01, para espetáculos de 17, 20 e 21/01; E nos dias 17, 18, 19, 21, 22, 23 e 24/01, para espetáculos de 22, 23 e 24/01.

Os ingressos serão distribuídos na Bilheteria do Theatro (Rua Lobo da Costa, 489), de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e 13h30 às 18h30.

Publicidade

Sobre o Sesc/RS

Com sete décadas de atuação no Brasil e no Rio Grande do Sul, a Instituição pertencente ao Sistema Fecomércio-RS realiza ações em 100% dos municípios gaúchos, promovendo o bem-estar social de trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo e de toda a comunidade.

Todas as 497 cidades gaúchas recebem atividades sistemáticas em áreas como a saúde, esporte, lazer, cultura, cidadania, turismo e educação. Atualmente, a estrutura da Instituição conta com 43 Unidades Operacionais Sesc e 20 Unidades Sesc/Senac.

SOBRE O 9º FESTIVAL INTERNACIONAL SESC DE MÚSICA

O QUE É? – O Festival Internacional Sesc de Música é um dos maiores da área na América Latina e tem o objetivo de incentivar o desenvolvimento da produção musical e fomentar o intercâmbio e o desfrute de bens culturais.

QUANDO? – De 14 a 25 de janeiro de 2019, em Pelotas/RS.

COMO? – Durante o Festival, no turno da manhã, acontecem as classes (cursos); no período da tarde, os ensaios; e à noite, as apresentações, todas com entrada franca para a comunidade.

DADOS EXTRAS

Publicidade

– Cerca de 500 profissionais da música, entre professores, alunos, músicos e técnicos.

– Espetáculos gratuitos (concertos no Theatro Guarany, espetáculos nos palcos externos, recitais de alunos, concertos de Música de Câmara e recitais na comunidade).

– 24 cursos disponibilizados (19 instrumentos + canto lírico + composição + choro + prática de orquestra e banda sinfônica), reunindo cerca de 380 alunos de diversos estados e países.

CURSOS

Música de Concerto
Violino | Viola | Violoncelo | Contrabaixo
Flauta | Oboé (Corne-inglês) | Clarinete | Fagote
Trompa | Trompete | Trombone | Trombone Baixo | Tuba | Saxofone | Eufônio
Harpa | Percussão | Violão Clássico | Canto Lírico
Piano | Composição | Choro (Violão, Sopros, Acordeon, Bandolim, Percussão e Cavaquinho)

Prática de Orquestra e de Banda Sinfônica
Os cursos de Prática de Orquestra e Prática de Banda Sinfônica não disponibilizam matrícula. Serão realizados pelos alunos selecionados entre os participantes dos cursos de instrumentos

Música de Câmara
Recitais de Música de Câmara serão organizados no decorrer do Festival e apresentados nos horários designados para recitais de alunos

Publicidade

INGRESSOS

Para as apresentações no Theatro Guarany é necessária a retirada de ingressos antecipadamente na Bilheteria do teatro (Rua Lobo da Costa, 489), de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e 13h30 às 18h30. As entradas são limitadas a um par de ingressos por pessoa, por apresentação, conforme cronograma abaixo:

– 09, 10, 11, 14, 15, 16/01: retirada de ingressos para espetáculos de 14, 15, 16/01;
– 14, 15, 16, 17, 18, 19 e 21/01: retirada de ingressos para espetáculos de 17, 20 e 21/01;
– 17, 18, 19, 21, 22, 23 e 24/01: retirada de ingressos para espetáculos de 22, 23 e 24/01.

TRANSMISSÕES AO VIVO

Pelo endereço: www.sesc-rs.com.br/festival.

– Concertos das 20h30 dos dias 14, 15, 16, 17, 18 e 19/01.
– Concerto de encerramento às 20h30 do dia 25/01.

PROGRAMAÇÃO FESTIVAL 2019

14/01
17h – Orquestra Sesc/MG | Festival na Comunidade – Biblioteca Pública Pelotense
18h – Cortejo Musical – Largo do Mercado Público
20h30 – Sphaera Mundi Orquestra (BRA/RS) – Theatro Guarany

Publicidade

15/01
9h30 – Classe de Choro | Festival na Comunidade – Hospital Santa Casa de Misericórdia ***
15h – Grupo Violino Sesc/MG | Festival na Comunidade – Hospital Beneficência Portuguesa ***
19h – Grupo de Choro | Festival na Comunidade – Biblioteca Pública Pelotense
20h – Orquestra de Jovem Sesc/SE | Festival na Comunidade – Paróquia Santa Terezinha – B. Três Vendas
20h30 – Orquestra São Pedro (BRA/RS) – Theatro Guarany

16/01
17h – Classe de Choro | Festival na Comunidade – Capela Santa Casa de Misericórdia
19h – Recital de Cordas, Metais e Piano | Música de Câmara – CLEMENS WEIGEL (Alemanha), ROMEU RABELO (Brasil), CLAUDIA NASCIMENTO (Brasil), EMERSON KRETSCHMER (Brasil), ANDRÉ CARRARA (Brasil), LEONARDO WINTER (Brasil), VIKTORIA TATOUR (Bielorrússia), DIEGO GRENDENE (Brasil) e LUIZ GARCIA (Brasil) – Conservatório de Música da UFPel
19h – Orquestra Sesc/MG | Festival na Comunidade – Igreja Sagrado Coração de Jesus – Porto
20h30 – Quinta Essentia (BRA/RS) – Theatro Guarany

17/01
13h – Recital Alunos – Conservatório de Música da UFPel
15h – Classe de Choro |Festival na Comunidade – Hospital São Francisco de Paula***
18h – Classe de Choro | Festival na Comunidade – Shopping de Pelotas
19h – Recital de Madeiras, Metais e Cordas | Música de Câmara – EMILIANO BARRI (Argentina), DARRIN C. MILLING (E.U.A), JOSÉ MILTON VIEIRA (Brasil), EMMANUELE BALDINI (Itália), TIAGO LINCK (Brasil), CLAUDIA NASCIMENTO (Brasil), VIKTORIA TATOUR (Bielorrússia), DIEGO GRENDENE (Brasil), ROMEU RABELO (Brasil), HELLA FRANK (Brasil), EDER KINAPPE (Brasil), ALBERTO BOCINI (Itália) e CHRISTOPH HARTMANN (Alemanha) – Conservatório de Música da UFPel
20h – Classe de Metais do Festival | Festival na Comunidade – Comunidade Católica São Miguel – 9º Distrito Monte Bonito
20h30min – Yangos | Brasil Sim Senhor! (BRA/RS) – Theatro Guarany

18/01
11h – Classe de Choro |Festival na Comunidade – Expresso Embaixador ***
13h – Recital Alunos – Conservatório de Música da UFPel
15h – Classe de Choro |Festival na Comunidade – Hospital Escola UFPel ***
19h – Recital de Harpa, Canto Lírico, Piano e Cordas | Música de Câmara – LIUBA KLEVTSOVA (Rússia), FLÁVIO LEITE (Brasil), LILIANA MICHELSEN (Brasil), MARCELLO GUERCHFELD (Brasil), EMERSON KRETSCHMER (Brasil), HELLA FRANK (Brasil), VIRGINIA ALDADO (Uruguay) e ALBERTO BOCINI (Itália)– Conservatório de Música da UFPel
19h30 – Orquestra de Jovem Sesc/MG |Festival na Comunidade – Catedral Metropolitana São Francisco de Paula
20h30min – Banda Sinfônica do Festival |Regente Antonio José Augusto (RJ/BRA) – Praia do Laranjal – Palco do Festival

19/01
13h – Recital de Alunos – Conservatório de Música da UFPel
11h – Orquestra de Choro |Festival na Comunidade – Mercado Público
19h – Recital de Madeiras, Metais e Piano | Música de Câmara – MICHEL LETHIEC (França), DIEGO GRENDENE (Brasil), LILIANA MICHELSEN (Brasil), EDUARDO MONTEIRO (Brasil), MAX URIARTE (Brasil), CHRISTOPH HARTMANN (Alemanha), SELIM HAYKAL (Turquia/Alemanha) e LUIZ GARCIA (Brasil) – Conservatório de Música da UFPel
20h30 – Sexteto Gaúcho | O Choro é Livre! (BRA/RS) – Praia do Laranjal – Palco do Festival
21h – Orquestra Unisinos | Jazz em Concerto (BRA/RS) – Praia do Laranjal – Palco do Festival

20/01
16h – Recital Classe de Piano | Música de Câmara – Conservatório de Música da UFPel
16h às 19h30 – Festival na Baronesa | Parque da Baronesa – Av. Domingos de Almeida, 1490 – Areal
20h30 – Orquestra Acadêmica | Regente Cecilia Espinosa Arango (COL) – Theatro Guarany

21/01
10h – Classe de Choro |Festival na Comunidade – Estação Rodoviária de Pelotas
13h – Recital de Alunos – Conservatório de Música da UFPel
15h – Classe de Choro |Festival na Comunidade – Praça Aratiba – Balneário dos Prazeres
19h – Orquestra Jovem Sesc/SE |Festival na Comunidade – Igreja São José – Bairro Fragata
19h – Recital de Harpa, Madeiras, Cordas e Piano | Música de Câmara – LIUBA KLEVTSOVA (Rússia), ROMEU RABELO (Brasil), CLAUDIA NASCIMENTO (Brasil), CHRISTOPH HARTMANN (Alemanha), SELIM HAYKAL (Turquia/Alemanha), LILIANA MICHELSEN (Brasil), EDUARDO MONTEIRO (Brasil) e YANG LIU (China) – Conservatório de Música da UFPel
20h30 – Núcleos de Percussão e Metais do Festival – Theatro Guarany

Publicidade

22/01
13h – Recital de Alunos – Conservatório de Música da UFPel
17h30 – Grupo de Metais do Festival – Café Aquários
19h – Orquestra Estudantil do Areal |Festival na Comunidade – Catedral do Redentor
19h – Recital de Metais e Percussão | Música de Câmara – TIAGO LINCK (Brasil), LUIZ GARCIA (Brasil), FERNANDO DEDDOS (Brasil), ALBERT KHATTAR (Brasil), CLARISSA BORBA (Brasil), DOUGLAS GUTJAHR (Brasil), JAMES THOMPSON (E.U.A.) e JOSÉ MILTON VIEIRA (Brasil) – Conservatório de Música da UFPel
20h30min – Núcleo de Canto Do Festival | Gala Lírico – Theatro Guarany

23/01
13h – Recital de Alunos – Conservatório de Música da UFPel
10h – Classe de Canto | Festival na Comunidade – Unidade Cuidativa de Pelotas ***
15h – Classe de Canto | Festival na Comunidade – Asilo de Mendigos de Pelotas ***
19h – Classe de Choro | Festival na Comunidade – Castelo Simões Lopes Neto
19h – Recital de Violão Clássico, Canto Lírico, Cordas e Piano | Música de Câmara – EDUARDO FERNÁNDEZ (Uruguay), EIKO SENDA (Japão/Uruguay), MAX URIARTE (Brasil), MARCELLO GUERCHFELD (Brasil) e ANDRÉ CARRARA (Brasil) – Conservatório de Música da UFPel
20h30 – Núcleos de Madeiras do Festival | Orquestra Jovem do Festival – Theatro Guarany

24/01
13h – Recital de Alunos – Conservatório de Música da UFPel
15h – Classe de Choro |Festival na Comunidade – Hospital Espirita ***
19h – Recital de Cordas | Música de Câmara – EMMANUELE BALDINI (Itália), LUCIA LUQUE (Argentina). HORACIO SCHAEFER (Brasil), VIRGINIA ALDADO (Uruguay) e CLEMENS WEIGEL (Alemanha) – Conservatório de Música da UFPel
20h – Orquestra Jovem Sesc/MG |Festival na Comunidade – Paróquia Amor Divino (Colônia Santo Antônio)
20h30min – Banda Sinfônica do Festival |Regente Glen Hemberger (EUA – Theatro Guarany)

25/01
13h – Recital de Alunos – Conservatório de Música da UFPel
15h – Orquestra de Choro | Música de Câmara – Conservatório de Música da UFPel
17h – Classe de Canto | Música de Câmara – Conservatório de Música da UFPel
19h – Classe de Violão | Música de Câmara – Conservatório de Música da UFPel
20h30min – Concerto de Encerramento | Orquestra Acadêmica do Festival – Regente Evandro Matté (BRA/RS) – Largo Mercado Público

*** Espetáculos para público fechado

Publicidade
Publicidade
Clique para comentar

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor.

Pelotas & RS

Anvisa aprova novo tratamento para HIV

Medicamento aprovado reúne dois antirretrovirais em uma dose

Publicado

on

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou um novo medicamento para o tratamento do HIV. Trata-se da combinação de duas substâncias – a lamivudina e o dolutegravir sódico – em um único comprimido.

Para a agência, a aprovação representa um avanço no tratamento, já que reúne em uma dose diária dois antirretrovirais. “A possibilidade de doses únicas simplifica o tratamento e a adesão de pacientes”, informou, por meio de nota.

De acordo com a bula aprovada pela Anvisa, o novo medicamento reduz a quantidade de HIV no organismo, mantendo-a em um nível considerado baixo. Além disso, o remédio promove o aumento da contagem de cédulas CD4, que exercem papel importante na manutenção de um sistema imune saudável, ajudando a combater infecções.

Indicação

O novo medicamento será indicado como um regime complemento para o tratamento da infecção pelo vírus da imunodeficiência humana tipo 1 (HIV-1) em adultos e adolescentes acima de 12 anos pesando pelo menos 40 quilos, sem histórico de tratamento antirretroviral prévio ou em substituição ao regime antirretroviral atual em pessoas com supressão virológica.

O registro foi concedido ao laboratório GlaxoSmithKline Brasil Ltda. que, segundo a Anvisa, apresentou estudos de eficácia e segurança com dados que sustentam as indicações autorizadas. A bula aprovada pode ser consultada aqui.

Publicidade
Continue Reading

Especial

Comitê Covid UFPel divulga nota sobre melhora no cenário e informa sobre variante Ômicron

Publicado

on

O Comitê Interno para Acompanhamento da Evolução da Pandemia da Covid-19 da Universidade Federal de Pelotas (Comitê UFPel Covid-19) divulgou nesta segunda, 19, nota técnica sinalizando a melhora no cenário da epidemia de Covid-19 em Pelotas e analisando o surgimento da nova variante de preocupação, Ômicron.

Conforme o documento, na última semana foram registrados 314 casos novos (91 casos novos por 100 mil habitantes). Isso significa que o município passou de uma situação de alta transmissão comunitária para transmissão substancial, o que representa uma melhora do quadro sanitário. No mesmo período, também houve queda no número de óbitos e no número de internações em leitos de UTI.

A Nota Técnica também destaca a vacinação como elemento fundamental para o controle da epidemia, mas a detecção da Ômicron reforça a necessidade de manter a imunidade em altos patamares, completando a segunda dose ou terceira dose no período recomendado. Isso é necessário mesmo para aqueles que tiveram Covid-19.

“Além disso, indica que a vacina precisa ser acompanhada do engajamento da população às medidas de controle da transmissão do vírus, como o uso correto de máscaras de boa qualidade, o distanciamento físico, a ventilação cruzada nos ambientes e evitar aglomerações”, destaca o documento.

Leia abaixo a íntegra da nota e gráficos:

Nota técnica
Cenário Covid-19 em Pelotas
Pelotas, 29 de novembro de 2021

Publicidade

O Comitê UFPel Covid-19 vem por meio de nota técnica sinalizar a melhora no cenário da epidemia de Covid-19 em Pelotas e analisar o surgimento da nova variante de preocupação ômicron.

Na última semana (SE 47) foram registrados 314 casos novos (91 casos novos por 100.000 habitantes), isto significa que o município passou de uma situação de alta transmissão comunitária para transmissão substancial, o que representa uma melhora do quadro sanitário (Gráfico 1). No mesmo período, também houve queda no número de óbitos (Gráfico 2) e no número de internações em leitos de UTI (Gráfico 3).

Quanto à vacinação, até o dia 27 de novembro, aproximadamente 63% da população havia recebido o esquema completo e 44% dos adultos com mais de 60 anos, profissionais de saúde e indivíduos imunossuprimidos haviam recebido a dose de reforço.

No dia 26 de novembro, a Organização Mundial da Saúde anunciou uma nova variante de preocupação, nomeada ômicron. A ômicron foi inicialmente detectada na África do Sul, e subsequentemente em outros países como a Alemanha, Bélgica, Dinamarca, e Reino Unido. Até o momento, ainda não há registro dessa variante no Brasil.

Mutações do vírus são esperadas, principalmente em um cenário de alta transmissão e baixa taxa de vacinação. Na África apenas 7% da população conta com vacinação completa. A detecção da variante ômicron reforça a ideia de que é preciso solidariedade na distribuição mundial de vacinas, ninguém estará seguro enquanto enormes contingentes populacionais não tiverem acesso à vacina contra covid-19.

A ômicron foi classificada como variante de preocupação, assim como a delta, por possuir mutações (alterações) na parte que o vírus usa para entrar nas células humanas e causar a infecção de covid-19. Este tipo de mutação pode o aumentar sua transmissibilidade, o número de mortes entre os doentes, ou impactar na redução da eficácia das vacinas ou na imunidade conferida pela doença. É preciso acompanhar as próximas semanas para ter mais clareza sobre as características da variante ômicron.

A vacinação é elemento fundamental para o controle da epidemia, mas a detecção da ômicron reforça a necessidade de manter a imunidade em altos patamares, completando a segunda dose ou terceira dose no período recomendado. Isto é necessário mesmo para aqueles que tiveram covid-19.

Publicidade

Além disso, indica que a vacina precisa ser acompanhada do engajamento da população às medidas de controle da transmissão do vírus, como o uso correto de máscaras de boa qualidade, o distanciamento físico, a ventilação cruzada nos ambientes e evitar aglomerações. É fundamental que contatos próximos, casos suspeitos e casos confirmados façam o isolamento pelo período preconizado. As ações de vigilância epidemiológica devem ser reforçadas, ampliando a testagem e o rastreamento de contatos.

Continue Reading

Especial

População com 50 anos ou mais começa a receber dose de reforço

Imunossuprimidos, que completaram o esquema vacinal há 28 dias, também estão aptos à terceira dose e devem procurar os pontos de vacinação

Publicado

on

A semana começou com ampliação de faixa-etária para a terceira dose da vacina que protege contra a Covid-19. Nesta segunda-feira (29), pessoas com 50 anos ou mais, que tenham recebido a segunda dose do imunizante há pelo menos cinco meses, assim como imunossuprimidos, que completaram o esquema vacinal há 28 dias, passaram a receber a dose de reforço.

Na Unidade Básica de Saúde (UBS) Fraget, no Fragata, a movimentação foi intensa desde as primeiras horas da manhã. Ivaneti Lucena, 63 anos, destacou que é um alívio enorme receber a proteção e aguarda que a vacinação chegue para todos. “Estou imunizada, meus filhos já se vacinaram e agora só falta a vez das minhas netinhas”, disse. 

Erni Santos de 80 anos vacinou-se acompanhada do esposo Luiz Carlos. A aposentada afirmou que é importante seguir os cuidados, pois a pandemia continua. “Não dá para deixar de se cuidar. Se eu saio, sempre uso máscara e levo álcool gel no bolso”, reforçou. 

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) alerta sobre a importância de completar o esquema vacinal para se proteger da doença, e solicita que a população compareça aos locais onde os imunizantes estão sendo aplicados, com a documentação necessária em mãos. A mesma orientação serve para quem está com a primeira ou segunda doses em atraso.

Confira o cronograma

1ª dose

Será utilizado o imunizante disponível no momento e local. 

Publicidade

– De segunda a sexta-feira 

* Em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) – das 8h30min às 11h – exceto as unidades sentinela (UBSs Salgado Filho, PAM Fragata e CSU Cruzeiro) 

* Nas UBSs Fraget, Lindoia e Porto – das 8h30min às 15h 

* No Laboratório Municipal – das 13h30min às 17h 

* No Shopping Pelotas, loja 40, das 17 às 21h 

– Aos sábados 

* Na Escola Coronel Pedro Osório – das 10 às 15h 

Publicidade

2ª dose

– De segunda a sexta-feira 

* Em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) – das 8h30min às 11h – Astrazeneca e Pfizer – exceto as unidades sentinela (UBSs Salgado Filho, PAM Fragata e CSU Cruzeiro) 

* Nas UBSs Fraget, Lindoia e Porto – das 8h30min às 15h – Astrazeneca e Pfizer 

* No Laboratório Municipal – das 13h30min às 17h – Astrazeneca, Pfizer e CoronaVac 

* No Shopping Pelotas, loja 40, das 17 às 21h – Astrazeneca e Pfizer 

– Aos sábados 

Publicidade

* Escola Estadual Coronel Pedro Osório – das 10 às 15h – Pfizer e Astrazeneca 

3ª dose

Indicada para pessoas com 50 anos ou mais, que tenham completado cinco meses da segunda dose, e para imunossuprimidos com a segunda dose ou dose única há pelo menos 28 dias, com o atestado-padrão disponível no site da Prefeitura. A vacina utilizada será a da Pfizer. 

– Segunda a sexta-feira 

* Em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) – das 8h30min às 11h – exceto as unidades sentinela (UBSs Salgado Filho, PAM Fragata e CSU Cruzeiro). 

* Nas UBSs Fraget, Lindoia e Porto – das 8h30min às 15h 

* No Laboratório Municipal – das 13h30min às 17h 

Publicidade

* No Shopping Pelotas, loja 40, das 17 às 21h 

– Sábado 

* Escola Estadual Coronel Pedro Osório – das 10 às 15h 

Profissionais de Saúde com registro no Conselho de Classe e profissionais de Saúde da área de apoio. 

– Segunda a sexta-feira 

* No Laboratório Municipal – das 13h30min às 17h 

* No Shopping Pelotas, loja 40, das 17 às 21h

Publicidade
Vacinação para viajantes

A Prefeitura de Pelotas, baseada no Informe Técnico nº 12 da Secretaria Estadual da Saúde e na Nota Técnica nº 55 do Ministério da Saúde, antecipou a aplicação da segunda ou terceira dose das vacinas disponíveis para pessoas que viajarão para fora do país, a trabalho ou estudo, com a devida comprovação. O Laboratório Municipal e o Shopping Pelotas são os locais preferenciais a serem procurados pelos viajantes para proceder a aplicação. 

Veja os endereços dos pontos de vacinação

Centro de Eventos – entrada pela avenida Pinheiro Machado, 3.390

Escola Coronel Pedro Osório – rua General Osório, 818 – Centro 

Laboratório Municipal – rua Lobo da Costa, 1.774 – Centro 

Shopping Pelotas – avenida Ferreira Viana, 1.526 – Areal 

UBS Arco-Íris – avenida Pery Ribas, 523 – Três Vendas 

UBS Areal I – rua Apolinário de Porto Alegre, 290 – Areal 

Publicidade

UBS Areal Fundos – avenida Domingos José de Almeida, 4.265 – Areal 

UBS Barro Duro – praça Aratiba, 12 – Laranjal 

UBS Bom Jesus – avenida Itália, 350 – Areal 

UBS Caic – avenida Leopoldo Brod, 3.220 – Pestano 

UBS Cascata – estrada Cascatinha 1, s/n – 5º distrito 

UBS Cerrito Alegre – estrada Cerrito Alegre, s/n – 3º distrito 

UBS Cohab Guabiroba – rua Doutor Arnaldo da Silva Ferreira, 352 – Fragata 

Publicidade

UBAI Lindoia – avenida Ernani Osmar Blaas, 344 – Três Vendas 

UBS Cohab Pestano – avenida Leopoldo Brod, 2.297 – Pestano 

UBS Cohab Fragata – rua Paulo Simões Lopes, 230 

UBS Colônia Maciel – acesso Colônia Maciel, s/n – 8º distrito 

UBS Colônia Osório – 4º distrito 

UBS Colônia Triunfo – Colônia Triunfo, s/n – 8º distrito 

UBS Colônia Z-3 – rua Rafael Brusque, 147 – Laranjal 

Publicidade

UBS Corrientes – BR-116 

UBS Cordeiro de Farias – 5º distrito 

UBS CSU Areal – rua Guararapes, 50 A – Areal

UBS Dom Pedro l – rua Ulisses Batinga, 749 – Fragata 

UBS Dunas – avenida Ulysses Silveira Guimarães (avenida Um), s/n – Areal 

UBS Fátima – rua Baldomero Trápaga, 480 – São Gonçalo 

UBS Fraget – rua Três, 81 – Vila Real/Fragata 

Publicidade

UBS Getúlio Vargas – rua Sete, 184 – Getúlio Vargas 

UBS Grupelli – 7º distrito 

UBS Jardim de Allah – avenida Fernando Osório, 7.430 

UBS Laranjal – rua São Borja, 683 – Laranjal 

UBS Leocádia – rua David Canabarro, 890 – Areal 

UBS Monte Bonito – 9º distrito 

UBS Navegantes – rua Dona Darcy Vargas, 212 – Porto 

Publicidade

UBS Obelisco – rua Doutor Francisco Ribeiro Silva, 505 – Areal 

UBS Osório (Loteamento) – rua Barão de Mauá, 217 

UBS Pedreiras – 9º distrito 

UBS Posto Branco (anexo Vila Princesa) – Estrada Porto Alegre antiga, Granja Retiro, s/n 

UBS Porto/Puericultura – rua Doutor João Pessoa, 240 – Centro 

UBS Py Crespo – rua Marquês de Olinda, 1.291 – Três Vendas 

UBS Sanga Funda – avenida Engenheiro Ildefonso Simões Lopes, 5.025 – Três Vendas 

Publicidade

UBS Sansca/Vila Castilho – rua Doutor Amarante, 919 – Centro 

UBS Santa Silvana – Colônia Santa Silvana, s/n – 6º distrito

UBS Santa Terezinha – rua São Miguel, 5 – Três Vendas

UBS Simões Lopes – avenida Viscondessa da Graça, 107 – Centro 

UBS Sítio Floresta – rua Ignácio Teixeira Machado, 299 – Sítio Floresta

UBS União de Bairros – rua 1, s/n – Loteamento dos Municipários 

UBS Vila Municipal – rua Luciano Galleti, 600 – Três Vendas 

Publicidade

UBS Vila Nova – 7º distrito – Vila Nova 

UBS Vila Princesa – rua Quatro, 3.205 – Três Vendas 

UBS Virgílio Costa – rua Epitácio Pessoa, 1.291 – Fragata 

Todos que optarem por realizar a vacinação no Shopping Pelotas estarão isentos do pagamento da taxa de estacionamento do local. A gratuidade será concedida a quem apresentar a carteira de vacinação. Além disso, quem comparecer para a vacina e adquirir um ingresso para o cinema, para aquela data, ganhará outro ingresso sem custo algum. 

Documentação necessária

Para 1ª e 2ª dose:

– comprovante de residência; 

– documento de identidade; 

Publicidade

– Cartão SUS ou CPF; e 

– Carteira de Vacinação para comprovar a primeira dose (para quem vai receber a segunda). 

Para 3ª dose – pessoas com 50 anos ou mais:

– documento de identidade; e, 

– Carteira de Vacinação para comprovar as duas doses ou esquema vacinal completo, com cinco meses de intervalo desde a última aplicação. 

Imunossuprimidos:

– documento de identidade; 

Publicidade

– Carteira de Vacinação; e 

– novo atestado-padrão, confeccionado pela Prefeitura, que está disponível no site do coronavírus. 

Profissionais da Saúde

* Grupo 1 – Profissionais com registro no Conselho de Classe: 

– documento de identidade com CPF; 

– carteira do Conselho; e 

– Carteira de Vacinação para comprovar que recebeu a segunda dose há pelo menos cinco meses. 

Publicidade

* Grupo 2 – Profissionais da área de apoio: 

– documento de identidade com CPF; 

– comprovante que recebeu a segunda dose da vacina há pelo menos cinco meses; e 

– comprovante de atuação em serviços de Saúde e/ou declaração de vínculo empregatício em atividades de Saúde com assistência a pacientes – modelo disponibilizado no site do coronavírus, na aba Declarações Profissionais Saúde. Os trabalhadores que não possuem comprovação de vínculo empregatício, de forma evidente, de atuação em um serviço de Saúde, devem, obrigatoriamente, levar a declaração assinada pelo seu contratante.

Informações da SMS

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) esclarece que, como regra, todas as vacinas recomendadas no Calendário Nacional de Vacinação podem ser aplicadas no mesmo dia. Sendo assim, não é mais preciso aguardar o intervalo mínimo de 14 dias entre a aplicação do imunizante contra a Covid-19 e qualquer outro do calendário. 

Importante relembrar que continua a orientação às pessoas que apresentarem sintomas gripais de não comparecer na data marcada. O mesmo vale para quem tiver positivado para o coronavírus. É necessário aguardar 30 dias do início dos sintomas para receber a aplicação.

Publicidade

Continue Reading



Publicidade
Publicidade

Mais lidas em três dias