Marco Aurélio solta Lula

O ministro Marco Aurélio decidiu nesta quarta-feira (14), último dia antes do recesso judiciário, soltar todos os presos cuja condenação ainda não tenha passado por todas as instâncias da Justiça – beneficiando diretamente Lula.

No despacho, ele diz que a liminar deverá ser referendada pelo plenário, que só volta a se reunir em fevereiro.

Miguel Reale Jr. resumiu na Jovem Pan a decisão de Marco Aurélio Mello: “Foi um golpe.”

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva requereu à Justiça a soltura dele, após decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Melo, com liminar para soltura de presos após condenação em segunda instância, sem processo transitado em julgado.

A petição foi apresentada às 14h48.

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.