Rachadura na rodoviária recebe escora

Uma rachadura numa aba da Rodoviária, na área do ponto de táxis e de embarque e desembarque, obrigou a prefeitura a escorar o prédio como medida preventiva de acidentes. A Defesa Civil acompanhou o processo.

Um relatório da DC aponta que a rodoviária, inaugurada em 1982, recebe, desde então, manutenção “escassa”.

Segundo o DAER, a rodoviária pelotense é o único terminal do Rio Grande do Sul que é administrado pela Municipalidade. Nos demais municípios, os serviços são prestados por concessão ou são terceirizados.

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.