Cavalo vítima de maus-tratos morre no Laranjal

Jornal do Laranjal relata que por volta das 17h desta segunda-feira (14) um cavalo vítima de maus-tratos morreu por exaustão, na avenida Adolfo Fetter.

Diz o jornal, em resumo:

A médica veterinária Cristina Zambrano tentou socorrer o animal na rua, sem sucesso. Segundo ela, o cavalo morreu por falta de oxigenação no sangue. Apresentava ainda miíase no prepúcio, com larvas em estado avançado, cascos sem ferraduras, más condições de tração e dentes quebrados, que indicam animal idoso. O dono responderá a processo em liberdade.

Vereadora Cristina Oliveira diz que é urgente a substituição das carroças por protótipos – puxadas por humanos. “A Lei de Diretrizes Orçamentarias (LDO) foi aprovada pela Câmara para a compra dos veículos. Iremos pressionar a prefeitura para que fatos como este não se repitam”, disse ela.

Leia na integra clicando no link do Jornal do Laranjal.

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.