Selas preparadas para Cavalgada da Costa Doce

Uma epopeia feita no lombo do cavalo, à luz do lampião e passando pelas principais cidades banhadas pela Lagoa dos Patos. Assim será a 20ª edição da Cavalgada Cultural da Costa Doce, atividade promovida pela Associação dos Cavaleiros da Costa Doce, que ocorre de 17 a 27 de janeiro, e promete oferecer aos apaixonados pela tradição gaúcha e interessados em relembrar os feitos do homem do pampa um passeio pelos principais pontos turísticos litorâneos da região Sul.

Para participar, os cavaleiros devem comparecer no dia 17, a partir das 6h, na sede do Centro de Tradições Gaúchas Pealo da Tradição, em Barra do Ribeiro, de onde sairá à cavalgada às 14h30min, com destino a Fazenda Barba Negra para a primeira parada.

No dia 24, a comitiva chega à Fazenda do Sobrado às 13h, para apresentações culturais, tertúlias, passeios turísticos e outras programações que seguem até a sexta-feira (25), quando está marcada solenidade promovida pela Prefeitura de São Lourenço do Sul, às 19h, e Missa Crioula às 20h.

A cavalgada continua no dia 26, com deslocamento feito à moda antiga no lombo do cavalo, a partir das 7h30min, para a Ilha da Feitoria, onde vão ficar hospedados na Capela da Feitoria e recepcionados com um almoço campeiro, tendo por cardápio arroz carreteiro e pão.
O destino final da comitiva será a Praia do Laranjal no dia 27 de janeiro. A previsão é de que o grupo chegue às 16h. O transporte de apoio durante todo o trajeto será feito por embarcações, onde os participantes poderão depositar seus pertences.

A 20ª Cavalgada da Costa Doce tem o apoio das Prefeituras de Barra do Ribeiro, São Lourenço do Sul e Pelotas.

Para participar

A participação na 20ª Cavalgada da Costa Doce tem o custo de R$ 250,00 por cavaleiro que participar de todo o trajeto (Barra do Ribeiro-Pelotas) ou de R$150,00 para aqueles que participarem de parte do percurso (São Lourenço do Sul-Pelotas). Os interessados devem se apresentar no primeiro dia do evento para o credenciamento, quando recebem a pulseira de identificação que deverá ser utilizada durante toda a cavalgada.

Os animais que irão participar devem estar com os exames e vacinas em dia, comprovados por meio da caderneta de vacinação com registro da dose para influenza, além de atestado assinado pelo médico veterinário responsável pelo equino.
Mais informações podem ser verificadas pelo e-mail ccd20@cavaleirosdacostadoce.com.br, através do telefone (53) 9 9103-3410 ou na página da Associação dos Cavaleiros da Costa Doce.

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.