TCU volta a questionar contas do Sistema S

O Tribunal de Contas da União apontou novas inconsistências nas contas do Sistema S, relata o Estadão.

Segundo a auditoria do tribunal, há divergências nas informações financeiras e falta de transparência na aplicação dos recursos administrados pelas entidades.

O TCU diz que as entidades que integram o Sistema S (entre elas Sesi, Senai, Sesc e Sebrae), “não estão registrando adequadamente suas disponibilidades financeiras” e algumas informações prestadas “são meramente declaratórias”.

O relatório aponta que até 90% dos contratos com fornecedores não passam por licitação.

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.