Entrevista de Eduardo Leite antecede anúncio de medidas duras, inclusive para magistério

A entrevista dada por Eduardo Leite nesta quinta-feira (31) sobre a situação fiscal do estado – dramática – vem sendo interpretada como uma preparação do ambiente para o anúncio, pelo governador, de medidas duras que serão propostas à Assembleia na forma de projetos de lei e propostas de emenda à Constituição.

Uma síntese da situação fiscal, segundo EL

Suspeita-se, por exemplo, que ele proporá mudanças no plano de carreira do Magistério, por um motivo: a aplicação do piso como básico do plano de carreira, hoje em discussão na Justiça, aumentaria em R$ 6 bilhões a folha anual e um passivo potencial de R$ 33 bilhões em precatórios (dívidas do Estado em virtude de ações judiciais contra o governo).

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.