Criticado, deputado recua e pede retirada de PL ‘anti-contraceptivos’

Deputado Márcio Labre

O deputado Márcio Labre (PSL-RJ) anunciou o recuo no projeto de lei que previa e proibição de alguns do métodos mais eficazes de contracepção, como o DIU e a pílula do dia seguinte. Segundo ele, o texto apresentado era um rascunho.

Em nota divulgada nas redes sociais, Labre pediu desculpas às mulheres e afirmou que o PL entrou em pauta por engano porque “passou batido” entre outros vários projetos protocolados por ele naquele mesmo dia, 4 de fevereiro.

A confusão, diz o texto, “resultou na entrada de um projeto que, além de não me representar, não representa milhares de mulheres que confiaram seu voto em mim”.

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.