Criticado, deputado recua e pede retirada de PL ‘anti-contraceptivos’

Deputado Márcio Labre

O deputado Márcio Labre (PSL-RJ) anunciou o recuo no projeto de lei que previa e proibição de alguns do métodos mais eficazes de contracepção, como o DIU e a pílula do dia seguinte. Segundo ele, o texto apresentado era um rascunho.

Em nota divulgada nas redes sociais, Labre pediu desculpas às mulheres e afirmou que o PL entrou em pauta por engano porque “passou batido” entre outros vários projetos protocolados por ele naquele mesmo dia, 4 de fevereiro.

A confusão, diz o texto, “resultou na entrada de um projeto que, além de não me representar, não representa milhares de mulheres que confiaram seu voto em mim”.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.