Eduardo Leite terá direito, se quiser, à pensão por quatro anos

Da GaúchaZH – O ex-governador Sartori receberá a aposentadoria vitalícia por ter chefiado o Executivo gaúcho (R$ 30.471,11). Os valores estão sendo contabilizados desde janeiro deste ano e serão pagos a partir da folha de fevereiro.

Sartori é o último ex-governador do Estado com direito ao benefício para o resto da vida. Aprovada em 2015 pela Assembleia Legislativa, uma lei de autoria da deputada Any Ortiz (PPS) extinguiu o direito vitalício aos futuros ex-governadores, preservando o direito a Sartori.

Eduardo Leite (PSDB), quando deixar o cargo, não receberá a pensão de forma vitalícia, mas, segundo a mesma lei de 2015, terá direito aos recursos por quatro anos. A lei extinguiu o benefício permanente, mas criou o pagamento temporário.

Mais em GaúchaZH

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.