Polícia Civil de Pelotas faz operação contra homicícios

A Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Pelotas realizou na manhã desta quarta-feira (13) a Operação Newton, de combate ao crime organizado – focado em homicídios na cidade. O nome da operação é uma homenagem a Isaac Newton (físico, matemático e astrônomo inglês), autor do “princípio da ação e reação”.

Três adultos foram presos e um adolescente, detido.

Os policiais apreenderam ainda muitos celulares, um revólver e munições.

No total, 120 policiais civis, com apoio de brigadianos, cumpriram 25 mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão nos bairros Porto (Navegantes) e Fragata (Vila Farroupilha e Cohab Guabiroba).

Um helicóptero da Civil fez parte da operação.

O delegado Félix Fernando Rafanhim disse que a investigação concentrou-se em quatro homicídios ocorridos de dezembro de 2018 até agora. Segunfo ele, as execuções tem ligação com uma facção criminosa que ordena crimes dentro da cadeia.

“A operação de hoje (terça) faz parte de uma articulação entre as forças de segurança da região que visam à redução do número de homicídios, especialmente os que têm relação com as disputas entre organizações criminosas”, disse o delegado regional de Pelotas, Márcio Steffens.

Share:

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.