Prefeita avisou que cortaria mais 30 cargos de confiança. Mas não falou mais no assunto

Nos primeiros 10 dias de janeiro próximo passado, a prefeita Paula Mascarenhas comunicou a exoneração de 33 ocupantes de cargos de confiança na prefeitura, acrescentando que pretendia exonerar mais 30 “ccs” – e que os nomes dos que seriam cortados no novo lote estavam sendo avaliados. No total, Paula falou, naquela ocasião, que pretendia eliminar 20% do total de 368 “ccs”.

A primeira leva de cortes, e a segunda, seriam parte de um pacote de medidas que a professora anunciou para reduzir despesas e fazer frente à crise fiscal do Município.

Entre os demitidos no primeiro lote, havia pessoas indicadas aos cargos por vereadores que votaram contra dois projetos do Executivo derrubados um pouco antes na Câmara (projetos de criação de uma taxa de iluminação e de redefinição legal dos salários dos servidores), o que gerou suspeitas de retaliação política. O vereador belezinha, do PTB, que teve dois ccs mandados embora, chegou a declarar à imprensa: “Ela (prefeita) está colocando todo mundo na rua”.

Desde então – eis a notícia – a prefeita não falou mais sobre o corte extra dos 30 ccs.

Pode ser que ainda fale. Pode ser também que tenha mudado de ideia.

Reinaldo, o Belezinha, e a prefeita Paula

©

Rubens Spanier Amador

Jornalista.

Visite o facebook do autor

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.