Leite vai discutir a situação da previdência estadual, mas…

O governo estadual gaúcho só remeterá para a Assembleia suas propostas sobre previdência estatal estadual depois que for aprovada PEC da Reforma da Previdência pelo Congresso.

O Piratini acha que o déficit estatal estadual da previdência poderá chegar a R$ 12 bilhões ao final deste ano.

Nesta quarta-feira, os governadores estaduais, inclusive o do RS, estarão com o ministro Paulo Guedes em Brasília, para discutir a PEC, que será anunciada no mesmo dia pelo presidente Jair Bolsonaro. Os governadores querem que a PEC trate também dos casos dos Estados.

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.