Prefeita diz que não havia documentos do prédio incendiado

Foto que identifica o Facebook de Paula

Paula Mascarenhas usou o face para se manifestar sobre o incêndio no antigo prédio da Secretaria de Educação, na esquina da Neto com Anchieta.

O prédio é da prefeitura e estava desocupado.

Registrou ela:

“É muito triste essa cena. Não só por se tratar de um patrimônio público se perdendo, mas porque traz uma carga simbólica muito forte.

Durante quatro meses meu gabinete foi essa sala bem da esquina, no segundo andar. Assim como eu, centenas de professores e gestores públicos passaram por esse prédio, que faz parte da história da educação em Pelotas.

A SMED se mudou no fim de 2016, porque o prédio não oferecia mais condições de segurança. Era necessária uma restauração para a qual não havia recursos.

Estávamos há algum tempo preparando um edital para venda de alguns prédios públicos e ele estaria incluído.

Os bombeiros foram chamados no início da madrugada para combater um pequeno foco, que foi controlado.

Infelizmente, no fim da manhã, o fogo voltou com força.

O prédio estava vazio, não havia mais móveis ou documentos por lá. Uma tristeza imensa invadiu meu coração desde que eu recebi a notícia”.

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.