Família organiza protesto no Pronto Socorro pela perda do pai, Marcos

Família Furtado: da esquerda para a direita, os filhos Jaqueline, Samuel e lá, junto da mãe, a cacuça Haqueline, Marcos, de bone, e Michele, ao seu lado, sorrindo

A família de Marcos André Rodrigues Furtado, que morreu no Pronto Socorro Municipal, semana passada, vai fazer um protesto em frente ao PS, no dia 2 de março próximo.

Segundo Michele Sias Furtado, viúva de Marcos, “será um protesto contra o descaso com a saúde em Pelotas, em memória do meu esposo”.

Organizam o evento ela, filhos e a cunhada, irmã de André.

Merendeira desabafa: “Desumanidade no Pronto Socorro assassinou meu marido”

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.