Prefeitura está aflita por dinheiro do IPVA

Manchete de um jornal local: “62% por cento dos motoristas de Pelotas ainda não pagaram o IPVA de 2019”

É lógico.

Apesar do desconto para pagamento à vista, a maioria dos motoristas prefere pagar parcelado o imposto ou deixar para o último dia. É uma tradição brasileira.

O início do ano é cheio de impostos e despesas mais urgentes, como IPTU, compra de material escolar etc.

O carro fica pro fim.

A prefeitura está necessitada de dinheiro.

“Metade do IPVA, cerca de R$ 40 a 45 milhões, fica no município”, diz o secretário de Fazenda da cidade, Jairo Dutra.

O periódico publica tb um aviso da prefeitura. De que “ações como blitzes podem ser feitas para estimular o motorista a quitar o valor”.

Não é compreensível blitz, porém, para o fim arrecadatório, já que os motoristas têm direito a pagar o IPVA, dependendo do final da placa, no mínimo até 30 de abril.

Um leitor, comentando o post, registrou: “COBREM MAIS BARATO, QUE TODO MUNDO PAGA”.

 

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.