Funcionária do Hospital Escola faz desabafo. “Estou me sentindo esgotada”

Uma servidora do Hospital Escola da UFPel fez um desabafo no Facebook.

Queixa-se de assédio moral, uma situação que já levou 12 outras funcionárias do Hospital a procurarem o Ministério Público Federal para relatar queixas formalmente.

O site conferiu a postagem com fontes seguras. É verdadeira. A pessoa existe e desabafou.

Relembre o caso logo abaixo do desabafo da servidora, publicado a seguir.

Associação de servidores diz que denunciou assédio moral ao reitor, mas que nada foi feito

Sindicatos de servidores de Pelotas e Capão do Leão soltam nota de repúdio a atos de assédio moral na UFPel

Só após sindicância, Reitoria da UFPel decidirá se afastará ou não servidor denunciado por assédio moral

Reitoria da UFPel libera nota sobre casos de assédio moral na Universidade

Promotor crê que amizade entre acusado de assédio e reitoria impedirá punição de denunciado

Vice-reitor da UFPel diz que não pode falar sobre casos de assédio

https://amigosdepelotas.com.br/2019/02/22/assedio-moral-casos-ufpel-e-um-atentado-a-dignidade-humana/

Reitor Pedro Hallal é chamado no MP para esclarecer denúncias de assédio moral

Assédio moral na UFPel. Alguns exemplos de bulling administrativo denunciados

Funcionários da UFPel denunciam assédio moral

Procuradoria recomenda afastamento de gerente administrativo da UFPel

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.