Diretora do Pronto Socorro nega negligência na morte de Marcos Furtado

Resumo do que tem dito a diretora do Pronto Socorro de Pelotas, Rosana van der Lann, sobre no caso que terminou na morte do servente de limpeza Marcos Furtado, ocorrido há mais de uma semana.

Ela diz que não faltou assistência a Marcos.

“Todos os protocolos, medicamentos, acesso a especialistas, avaliações cirúrgicas e procedimentos necessários teriam (sic) sido adotados”.

Disse ainda que a realização da tomografia computadorizada não foi feita porque o “dimensionamento (sic) do aparelho só permite visualizar pacientes de até 130 quilos. E com a impossibilidade de aferir o peso de Marcos, devido a possíveis lesões na coluna, teriam sido avaliados os riscos de danificar o tomógrafo. Não é um dado financeiro, mas quando tu quebra um aparelho desses deixa de dar assistência a todo o PS e aos 260 pacientes que passam por aqui diariamente e podem precisar (do aparelho)”. Poderíamos ainda prejudicar a assistência no Hospital Universitário São Francisco de Paula, que tb ficaria sem o aparelho”, diz Rosana. “Foi um impasse”

Segue:

“O óbito de Marcos foi em decorrência da queda (caiu de um telhado), não decorrente da falta da tomografia”.

“A decisão para cirurgia abdominal teria sido (sic) tomada com base em reavaliação do quadro clínico e dos exames físicos, e não a partir do resultado da tomografia. É o que apontaria o prontuário médico”.

Viúva de Marcos Furtado, que morreu no Pronto Socorro, vai processar prefeitura por negligência

2 thoughts on “Diretora do Pronto Socorro nega negligência na morte de Marcos Furtado

  1. Como pode ela desmentir as testemunhas, família que esteve junto com o André desde o acidente até a ida no PS. Desfila-se pelos corredores de nariz em pé, em meio aos pacientes desesperados por atenção.

    Uma passoa q cai de um telhado e fica 4 dias numa maca sem fazer nenhum exame, FOI NEGLIGÊNCIA SIM SENHORA!

  2. “Teria sido” é uma expressão condicional q revela a indexisin da diretora em afirmar que tal ou qual procedimento “foi” adotado…

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.