O DESCOMPASSO ECONÔMICO DE PELOTAS

+ PELOTAS

Foto: Roccana

O crescimento urbano de Pelotas impressiona e a reboque todas as consequências da expansão de uma grande cidade.

Fundada em 1812, os tempos de vila e freguesia ficaram para trás e compomos, ao lado de outros municípios, a chamada região metropolitana.

Infelizmente, os tempos gloriosos do início do século XX também passaram e o nosso desempenho econômico nunca mais foi o mesmo.

Observando os dados da Fundação de Economia e Estatística (FEE/RS), extinta em 2018, no governo Sartori, em especial o registro do produto interno bruto de 2015 (da série 1999/2015 IBGE), notei que o período foi capaz de captar o comportamento do crescimento econômico dos municípios da nossa região.

Entre as curiosidades está que para aquele momento 10 municípios respondiam por 42% do PIB total do RS. Justamente aqueles com maior participação na indústria e nos serviços. Também, os mais populosos e com menor participação na agropecuária. E o interessante é que isso não mudou muito de lá para cá.

Os municípios mais industrializados continuam despontando entre as maiores participações no PIB, a exemplo da capital Porto Alegre e do nosso vizinho Rio Grande (IBGE Cidades 2016). Descompasso que fica ainda mais evidente quando comparado o PIB per capta.

Portanto, em parte, o cenário explica o nosso contexto de dificuldades, que não só é histórico como também resultante de sucessivas gestões desastradas, que não buscaram ajustar o gasto à receita, tampouco viabilizar as reformas necessárias.

Pior, nos falta dinheiro para investir nas prioridades da cidade e receio não existir um plano para nos tirar do buraco.

Fonte dos gráficos: http://www.deepask.com | O MUNDO E AS CIDADES ATRAVÉS DE GRÁFICOS E MAPAS

© Marcelo Dutra da Silva é Ecólogo, doutor em Ciência e professor de Ecologia e Planejamento Ambiental na Universidade Federal do Rio Grande (Furg)

Facebook do autor | E-mail: dutradasilva@terra.com.br

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.