O chororô dos sindicalistas com Bolsonaro, que acabou com desconto do imposto em folha

Os sindicalistas brasileiros não gostaram da Medida Provisória editada por Jair Bolsonaro que acaba com o desconto em folha do imposto sindical.

Em nota divulgada neste sábado, a Força Sindical afirmou que vai recorrer ao STF contra a MP do presidente.

A entidade considera a medida “inconstitucional” por ferir o princípio da liberdade sindical e representa uma “verdadeira prática antissindical patrocinada pelo Estado”.

“É importante lembrar que desde o início deste governo, a Força Sindical buscou o diálogo democrático e a negociação, mas, infelizmente, na calada da noite o governo edita esta nefasta MP demonstrando autoritarismo, despreparo e indisposição para o diálogo”.

 

 

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.