O empresário que abriu uma vaga para o estudante paraibano da UFPel

O empresário Marcelo Santos, proprietário da empresa Expresso Paganine, foi quem abriu uma vaga de emprego para o jovem paraibano que viveu uma pequena odisseia para sair do seu estado de origem e chegar à Pelotas, para se matricular na UFPel.

“Olá. Sim, conversei com ele nessa semana. Como ele estuda no turno da tarde, vai trabalhar durante o período da manhã.

Ele nunca trabalhou, mas me parece um rapaz bem esforçado

Como falei para ele, está vaga eu iria ofertar mais para o meio do ano, no turno da tarde, mas devido a esta história toda dele resolvi adiantar, e colocá-lo no turno da manhã para fazermos um teste.

Dando tudo certo, pelo menos por uns seis meses eu vou garantir serviço para ele, até que  possa se organizar aqui na cidade

Depois deste período, vamos ver se ele trabalhando neste horário consegue atender minha demanda. Caso consiga, ele pode continuar“.

Rafael, paraibano mais pelotense que existe, já se sente em casa na cidade

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.