UFPel comemora novo Restaurante Universitário, um anseio antigo

Do site da UFPel – Desde a sua inauguração e entrada em operação, o Campus Anglo tem uma demanda latente em sua comunidade: a existência de um Restaurante Universitário no local.

A partir desta quinta-feira (7), essa necessidade da maior unidade da Universidade Federal de Pelotas passa a ser atendida.

Com capacidade para 420 pessoas sentadas, o novo RU ultrapassa o restaurante do Campus Capão do Leão, até então o maior em funcionamento na UFPel, em quase cem lugares. A previsão inicial é que sejam servidos do Anglo 1,6 mil almoços e mil jantares.

Terão acesso às refeições no local estudantes da UFPel, servidores docentes e técnico-administrativos e funcionários das empresas terceirizadas que prestam serviços à UFPel, munidos de identificação funcional ou de número de matrícula e documento. Alunos pagam uma taxa de R$ 2,00 tanto para almoço quanto para o jantar; os demais arcam com um custo de R$ 5,55 no almoço e R$ 5,45 no jantar.

O atendimento se dará de segunda à sexta-feira, das 11h às 14h e das 17h30min às 20h. No entanto, nos dias 7 e 8 de março, nos quais o RU funcionará de forma experimental, o horário será reduzido – das 11h30min às 13h e das 18h30min às 19h.

Os demais restaurantes mantém seu funcionamento de forma normal, sendo que a inauguração dessa nova unidade permitirá uma diminuição do fluxo nessas unidades, reduzindo filas. Além disso, o horário disponível para o jantar permite que tanto os alunos do turno da tarde, quanto os da noite, possam ser beneficiados.

Impacto positivo para a comunidade

“É motivo de grande alegria poder cumprir esse objetivo”, diz o pró-reitor de Assuntos Estudantis, Mário Azevedo Júnior. Ele lembra que esta é uma das principais ações listadas pelo Plano de Desenvolvimento Institucional, lançado em 2015 e com validade até 2020: “A Universidade tinha esse compromisso com a sua comunidade”.

O pró-reitor destaca que essa é uma ação que trará um impacto positivo relacionado às condições de permanência dos estudantes, especialmente daqueles cujos cursos estão lotados nos Campus Anglo e Porto. Além disso, outro grupo que será beneficiado pela inauguração é o dos servidores e dos funcionários terceirizados, que não contavam com uma opção de refeições de baixo custo no local.

O reitor da Universidade Federal de Pelotas, Pedro Curi Hallal, também cita a inclusão de público dos servidores como um grande potencial de uso do RU, mas lembra que o grande ganho será dos estudantes, que não precisarão mais escolher entre comer ou ir à aula.

“A UFPel, que já tem uma das melhores comidas de RU do Brasil, agora também tem um dos mais bem estruturados do país”, afirma Hallal.

Obra aguardada

A reforma do prédio que passa a abrigar o Restaurante Universitário começou em 2017, ao custo de cerca de R$ 2 milhões, valor que também abarcou o custo de mobiliário e equipamentos, a partir de projeto que conseguiu derrubar a previsão orçamentária de outro projeto, que previa R$ 8 milhões.

Além do espaço do refeitório, com três buffets e 420 assentos distribuídos em diversas mesas, a edificação também recebe uma nova cozinha, equipada com grandes panelas, fritadeiras e fogão industrial, área para armazenagem e estoque, espaço para higienização de pratos e talheres, vestiários para os trabalhadores e sala administrativa. Todo o espaço contará com o que a regulamentação prevê na área de acessibilidade, como banheiros adaptados e piso táctil.

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.