O ‘concerto’ de Antônio Carlos Mazza Leite

A gente fica olhando bem as fotografias que recebe, com olho de detetive, e lupa.

Porque muitas vezes há uma coisa nelas que não tem nada a ver com a realidade que está se passando.

Como se fossem manifestações do mundo espiritual que, de repente, se apossam da pessoa por um instante.

Neste sábado (9), o querido Antônio Carlos Mazza Leite, presidente do Instituto João Simões Lopes Neto, participava da homenagem ao capitão (não o lá de Brasília, o Simões mesmo), na praça Coronel Pedro Osório, quando deu a impressão de estar tocando um piano imaginário. Foi um segundo e zaz.

A gente faz esses posts porque acha divertido e espera que a própria pessoa fique alegre ao ver que a gente prestou bem atenção nela.

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.