Guarda Municipal leva ‘mensagem de paz’ às escolas

Foto tirada por Marcel Ávila

Luíza Meirelles | Do site da prefeitura |

Prevenir antes de repreender é o que norteia o projeto educativo da Guarda Municipal que, desde 2013, leva a escolas do município e da região palestras esclarecedoras e informativas a respeito da cultura da paz. Somente no segundo semestre de 2018, mais de 4.200 estudantes foram beneficiados com a iniciativa; neste mês, serão cerca de 550.

Destes, 85 são da escola municipal Francisco Caruccio, no Pestano, que representaram o público da atividade, nesta sexta-feira (15). O ‘Prevenção Antes da Repressão’ é uma das ações que compõem o Pacto Pelotas pela Paz – movimento que integra instituições e promove estratégias preventivas e repressivas para reduzir a criminalidade na cidade.

Compromisso de mudar o futuro

Meninas e meninos, de 10 a 12 anos, ouviram atentos o conteúdo da palestra, ministrada pelos guardas Sandra Gularte e José Mattos, que abordou temáticas essenciais à prevenção da violência e à manutenção de ambientes pacíficos, como bullying, violência e abuso sexual, uso de drogas, depredação do patrimônio público, desperdício de água e destinação correta do lixo, além de aspectos do Estatuto da Criança e do Adolescente.

“Não podemos cruzar os braços diante da violência; cada um precisa fazer a sua parte para mudar este quadro. O compromisso também é de vocês, que são responsáveis pela mudança. O futuro está em suas mãos”, disse a GM Gularte, reportando-se aos estudantes.

Além das palestras, a Guarda também realiza rondas escolares nas instituições, propondo-se ao diálogo e ficando à disposição para esclarecimentos e atendimentos. Em março, o projeto ainda se fará presente nas escolas municipais Ferreira Viana, Joaquim Assumpção e Santa Irene (veja abaixo).

Conscientizar e informar

Coordenadora do educandário do Pestano, Nathália Gotuzzo ressalta a importância de debater os assuntos com os jovens, levando-se em conta o contexto de violência vivenciado pelo município. “Conscientizar e informar os alunos é fundamental. Vemos, a partir disso, um reflexo gigantesco em sala de aula”, conta.

Nathália destaca o trabalho da instituição para promover debates relativos à questão; recentemente, a Francisco Caruccio também recebeu uma palestra sobre violência contra a mulher.

Instituições que receberão a iniciativa em março:

Dias 18 e 29 de março – escola Ferreira Viana

Dia 21 de março – escola Santa Irene

Dias 22, 25 e 27 de março – escola Joaquim Assumpção

Dias 26 e 28 de março – escola Francisco Caruccio.

Matérias relacionadas:

Projeto Start abre inscrições a curso na Santa Terezinha e Pestano

GM aborda prevenção à violência em escolas municipais

Guarda Municipal atua há 29 anos em Pelotas

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.