Ao menos nossos carteiros não têm culpa pelos atrasos dos Correios em Pelotas

Vamos combinar… O serviço postal em Pelotas não anda bem.

As queixas se avolumam, embora sem grande destaque, aparentemente, porque Correios são um pouco como os Bombeiros. Duas instituições do âmbito do afeto, não pega bem criticá-los.

Bombeiro salva nosso gato  correio nos entrega correspondências, coisas úteis à vida.

O problema é que os Bombeiros e o pessoal dos Correios andam chegando tarde no destino de algumas de suas funções, ultimamente. Não é geral, se imagina, mas tem sido frequente.

O prédio da antiga Smed foi consumido pelas chamas num segundo incêndio, após um primeiro atendimento dos soldados, que não sufocou o fogo totalmente. No dia seguinte, o fogo voltou, era tarde, o prédio, patrimônio histórico, foi destruído.

Já as correspondências dos Correios estão chegando tarde. Materializo com alguns casos, primeiro em família; meu pai ontem teve o telefone cortado por culpa dos Correios. Ele não entendeu o corte, pois, organizado, sempre foi rigoroso com o pagamento de contas em dia.

Ele foi lá na OI (telefônica) entender. Disseram que a fatura de fevereiro estava aberta. “Acontece que os Correios não me entregaram a fatura de fevereiro. Não é a primeira vez”.

Segundo Rubens Pai, por causa dios atrasos, ele tem sido obrigado a pagar contas com multa. “Por exemplo, recebi uma conta da Unimed com quatro dias de atraso em relação ao dia de pagamento, o que me obrigou a pagar R$ 8 de multa; não é pelo valor que me aborreço, mas pela má qualidade de um serviço que já foi de alto nível no Brasil”, diz.

Rubens Pai perguntou ao carteiro o motivo dos atrasos.

“O rapaz me disse que o problema ér no setor de Distribuição, que estaria sem funcionários suficientes”.

Rubens relatou outro fato preocupante. Segundo ele, é frequente que ele acaba tendo de entregar a vizinhos correspondências depositadas na sua caixa postal por engano. E que vizinhos falam o mesmo com ele.

Correios em Pelotas estão entregando contas depois do prazo de pagamento

Outras pessoas têm reclamado dos Correios, por motivos iguais e diferentes de Rubens

Abaixo, alguns depoimentos dados na forma de comentários no face do jornal.

    1. Um amigo do Rio de Janeiro conseguiu encontrar em Portugal um único exemplar de um livro raríssimo. Com sacrifício comprou a obra e pediu que enviassem pelo correio. Enviaram. Um ano depois, sem conseguir ter a obra em mãos, descobriu que exemplar estava nos correios de Curitiba. Depois de algum tempo conseguiu localizar o livro. Pediu que enviassem para o Rio de janeiro, mas enviaram…. para Portugal!!!!! Retornando ao endereço de onde havia sido enviado, chegou molhado, rasgado, sujo. Resultado. Uma obra raríssima foi perdida por COMPLETA INCOMPETÊNCIA DOS CORREIOS.
    2. Mas nem precisa ligar pros correios pra saber… Isso é sucateamento do serviço público… Falta de investimento e de realização de novos concursos. Muitos servidores se aposentaram e não foram contratados novos. Por óbvio, existe uma sobrecarga de serviço aos que seguem na ativa. Conversa com qualquer carteiro que passar na rua e pede pra eles te contarem como andam as coisas…
    3. Falam em sucatear a empresa… Até concordo, mas a empresa detém o monopólio do mercado brasileiro, que é do tamanho de um continente, eles botam o preço que querem, a taxa que querem na hora que querem sabendo que o brasileiro não tem outra opção e mesmo assim conseguem fechar as contas no vermelho. Uma estatal que só da prejuízo para o estado. Se querem investimento, primeiro precisam explicar o motivo da incompetência e apresentar um bom plano de negócio para mudar a situação. Mas só sabem dizer que estão sucateados.
    4. Não tem empregados no Correio e não vai ter nem concurso público, só estão os aposentados.
    5. Hj em dia tem que ser tudo na base no protesto.
    6. E isto quando chega a correspondência, quando não a colocam no endereço de pessoas que nem conhecemos. Em outra rua, só porque o número da casa é o mesmo.
    7. Minhas faturas chegam de três a quatro dias depois do vencimento, me causando prejuízo.
    8. Na ultima vez que me estressei com os correios, fazia 2 meses que não recebia nada. Fui até o depósito procurar minhas encomendas e o carteiro tinha alegado que meu cachorro não deixava ele por as cartas na caixa de correspondência… o curioso é que minha caixa de correspondência fica do lado de fora do muro, onde meu cachorro não tem alcance. Agora todas faturas que posso, cadastro para serem enviadas por e-mail. Os juros que eu pagava por atraso de pagamento, compensam os cartuchos da impressora.
    9. Faz séculos que anda assim.
    10. Nada chega no dia aqui na Baixada.
    11. Recebi um quadro hoje, todo quebrado.
    12. Mas que novidade? Isso acontece há anos. Sempre entregam após o vencimento.
    13. Vou deixar aq minha indignação os moradores do loteamento Barão de Mauá, não recebemos correspondência, sendo que a 6 anos que moro aq e tive que procurar minhas correspondências junto aos Correios, que me informaram que não entregam correspondência nessa área.
    14. Estou esperando. Minhas contas venceram dia 16 e, mais uma vez. vou pagar com juros pelo atraso dos correios, parabéns pela competência dos correios !!!!
    15. Esse sucateamento é proposital, para ter um motivo para privatizar, e não pensemos que vai melhorar sem pagarmos muito caro.

O jornal telefonou para os Correios mais de uma vez nesta quarta, sem resultado.

Ligamos no 3227-2390, Central da empresa na Tiradentes. Simplesmente, não atendem.

Um prestador de serviço dos Correios disse ao jornal hj que é muito difícil falar com os Correios de Pelotas por telefone. “Para a central, na Tiradentes, é praticamente impossível, não atendem. Até podem atender. Mas demora muito, e é preciso tentar mais de uma vez”.

Vamos tentar de novo nesta quinta-feira (21).

© Rubens Spanier Amador é jornalista.

Facebook do autor | E-mail: rubens.amador@yahoo.com.br

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.