Rolando nas redes: Desabafo de Servidores Públicos!

Falta café, a gente compra.

Falta açúcar, a gente compra.

Falta água, a gente compra.

Falta bolachinha de água e sal, a gente compra.

Falta papel higiênico, a gente compra.

(Aliás, a gente compra sempre porque é para nós, pois não temos direito a nada).

Falta material de papelaria, jogos pedagógicos, luva, material de primeiros socorros, material para desenvolver projeto, a gente compra.

Falta rádio para um trabalho, a gente leva de casa.

Trabalho para casa no final do dia, no final de semana e no feriado? Sim, a gente leva porque foi uma escolha nossa, afinal sempre dá para pedir exoneração e fazer coisa melhor, né?

Criança fica esquecida na escola, a gente fica além do horário esperando alguém buscar ou leva para a família.

A gente se une e não deixa a peteca e NEM O SERVIÇO cair. Faz tantas e tantas coisas! Faz rifas, bingos, almoços, chás, jantares e outros para arrecadar fundos para alguma atividade, passeio cultural, para o chocolatinho da Páscoa ou balinhas do dia das crianças para os alunos.

Até levar VENTILADOR de casa para não permanecer em uma situação insalubre a gente leva.

Como servidor público NUNCA roubei nada.

Ganhei o que trabalhei e muitas vezes trabalhei muito mais do que ganhei….muitas vezes ajudei levando meu equipamento na realização de um projeto por falta de verbas, portanto dar a César o que é de César!

Muito duro ver campanha na mídia desmoralizando o servidor público e, pior ainda, perceber que muitas pessoas acreditam.

Não são os salários dos servidores públicos concursados e contribuintes que quebram a Previdência, nem é o servidor público que quebra as finanças de um ente público.

A quebra da Previdência e das finanças públicas é resultado de muita corrupção, que desvia os recursos públicos para atender a interesses privados de um pequeno grupo.

O problema não está no funcionalismo público, mas sim nas decisões inconsequentes que o congresso tem tomado, aprovando PECs e Reformas irresponsáveis, as quais furtam direitos sociais conquistados pelo povo através de muita luta e debate.

O discurso oficial prega que o servidor público é um peso para Brasil, que as políticas sociais são um peso para o Brasil, que o trabalhador tem muitas “regalias” e isso é um peso para o Brasil.

E os de altos salários, gabinete com ar e cafezinho, combustível, planos de saúde integrais, passagens aéreas pra eles e cônjuges, celular livre, aposentadoria após 8 anos de mandato, entre outras vantagens?

Estão maquiando com mentiras a verdade, colocando a população contra o servidor.

(Colegas servidores, copiem e colem)

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.