O auto-uso indiscriminado de CEO (siô)

Fenômenos “culturais”, típicos do Brasil. Terreno da linguagem.

Se por um lado é corrente o uso vulgar da autodenominação “coach”, por pessoas que se apresentam como especialistas em alguma coisa que nos otimize a vida e os negócios, por outro flanco temos os siÔ (CEO).

De repente, até mesmo uma pessoa que abra uma pequena firma, se autodenomina de siô.

Para elas, o importante, às vezes até mais do que a qualidade do trabalho, é ser um siô.

Siô de si, siô de casa grande. Senhor de alguma coisa, nem que seja para manejar o alfabeto.

O Brasil vive uma epidemia de coaches e de siôs por causa da descoberta repentina do way of life americano, em pleno ano de 2019.

Como no caso dos coaches, haverá sempre siôs e siôs, assim como clientes e clientes.

Qualquer um hj em dia é coach

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.