A ‘solidão’ da prefeita

A gente olha fotos com lupa, como já falamos.

Pode ou não coincidir com a realidade a fotografia.

Mas, nos últimos tempos, a prefeita Paula Mascarenhas, por vezes, nas fotos da prefeitura, transmite solidão, como se imersa num mundo só seu. Não é bem solidão, já que parece estar conversando consigo mesma.

Pessoas em cargos de representação sofrem de solidão, é mais comum do que se pensa.

No momento em que a pessoa é eleita, automaticamente começa a “suspeitar” de todos os afetos no entorno, podendo vir a se dar conta de que a maioria não é desinteressada, mas tão somente parte de uma engrenagem na qual ela é uma peça, como a rolha de um champanhe.

Pode nem ser isso, mas não é incomum a pessoa sentir que seja.

Paula Mascarenhas, Catherine Deneuve e Marianne

Uma bela foto

OUTRAS FOTOS VISTAS COM LUPA

A felicidade de Pedro Hallal

O ‘concerto’ de Antônio Carlos Mazza Leite

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.