Polícia deflagra Operação contra estelionato em Pelotas

Da Polícia Civil |

A Polícia Civil, através da Primeira Delegacia de Policia de Pelotas, sob coordenação da Del. Lisiane Mattarredona, desencadeou na manhã desta sexta-feira (29) a operação policial “Stellio”, buscando desarticular uma quadrilha que aplicou diversos golpes na cidade de Pelotas, estelionatos, na modalidade “conto do bilhete premiado”.

Durante a investigação, foi apurado que os principais líderes da organização residem em Passo Fundo/RS; no entanto, alguns dos demais integrantes residem em Caxias do Sul/RS, Gravataí/RS e Alvorada/RS, razão pela qual as ordens judiciais (mandados de prisão preventiva e buscas) estão sendo cumpridas nestas cidades.

O nome da operação é baseado no nome latino do réptil, por conta do formato das pintas que lhe cobrem o corpo, o qual foi associado à falsidade humana.

As investigações duraram cerca de um ano, sendo que durante este período, algumas das lideranças do grupo criminoso, foram presos preventivamente por outros estelionatos, estando, atualmente, quatro deles, recolhidos no presídio de Guarapuava/PR e um no presídio de Soledade/RS.

Estão sendo cumpridos 24 mandados de busca e apreensão e sete mandados de prisão preventiva.

Destes, quatro mandados de busca serão cumpridos em Caxias do Sul/RS, dois mandados de busca em Alvorada/RS e em Gravataí e 16 mandados em Passo Fundo/RS.

As prisões ocorrem em Passo Fundo, Alvorada, Soledade e cinco mandados de prisão preventiva em Guarapuava/PR.

Estima-se que o grupo criminoso tenha auferido mais de quatrocentos mil com os estelionatos aplicados na cidade de Pelotas.

A ação policial conta com a participação de policiais das cidades de Pelotas, Canguçu, Passo Fundo, Caxias do Sul, Gravataí, Alvorada, Soledade e Guarapuava/PR.

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.