Bolsonaro trai juramento presidencial, diz Haddad

Fernando Haddad se manifestou sobre o vídeo divulgado pelo Planalto exaltando o golpe de 1964.

“Bolsonaro rasga Constituição de 1988 e divulga vídeo pró-golpe. Um verdadeiro crime contra a democracia que trai juramento presidencial de manter, defender e cumprir nossa lei maior”, escreveu no Twitter.

Fernando Haddad queria rasgar a Constituição dando o golpe da Assembleia Constituinte, como previa o seu programa de governo no primeiro turno da campanha presidencial.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.