Mulher empurrada por homem em piscina do Dunas Clube dá queixa na polícia

Polícia Civil registrou uma agressão no Dunas Clube, agremiação do extrato de maior renda de Pelotas.

O fato ocorreu na noite de sexta-feira passada (29), durante o ‘Festival das Bandas’.

Uma mulher foi empurrada para dentro da parte mais funda da piscina, 4.5 metros de profundidade.

A mulher jogada foi F. P., de 34 anos.

Às 2h30 da madrugada de sábado, poucas horas depois do fato, a mulher compareceu à delegacia para registrar a agressão.

Ela contou em depoimento que foi empurrada na água por um homem. E que, como vestia calça e botina, teve dificuldades para nadar e alcançar as escadinhas na beira da piscina, precisando ser socorrida por dois rapazes,

Disse tb que sofreu lesões, com dor, na parte do corpo atingida, o peito.

F. P. contou que não sabe a razão de ter sido jogada na piscina. Mas que havia sido avisada por amigas que alguém planejava empurrá-la.

No dia 3 de abril, quatro dias depois do fato, a mulher procurou de novo a polícia, agora para apontar o autor do empurrão.

Segundo ela, foi R. F. P., de 41 anos, sócio do Dunas Clube.

A mulher disse que não conhece o homem que a agrediu, mas que não tem relação de amizade com ele, apenas que ambos têm amigos em comum nas redes sociais.

A vítima se queixou do constrangimento, uma vez que inúmeras pessoas presenciaram o fato, associados e convidados do evento ‘Festival das Bandas’.

O caso aguarda despacho da delegada Anita Caruccio, que deve abrir inquérito, por vias de fato, lesão corporal ou outro delito, podendo desembocar numa ação indenizatória.

Contatado, o delegado Sandro Bandeira confirma a ocorrência, de número 6.706/2019/152010.

Ainda sobre a mulher jogada na piscina do Dunas

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.