Leandro Karnal manda recado ao novo ministro da Educação

Leandro Karnal

É possível que tenhamos um novo ministro ou ministra da educação na semana que vem. É um ministério fundamental e eu torço muito para que a nova pessoa mire nos inúmeros problemas estruturais e fuja de factoides sem sentido. Algumas coisas importantes:

– o analfabetismo total diminui há anos. Nosso problema continua sendo com o analfabetismo funcional, a dificuldade de interpretar textos simples e formular frases claras.

– a burocracia do ministério é enorme e atinge todo o sistema. Há muitas verbas e elas não chegam à trincheira: a sala de aula. Como fazer com que o dinheiro chegue diretamente à frente de batalha?

– falta uma capacitação de professores efetiva e em nível nacional.

– reforçar no ENEM a vocação original para ser menos conteudista e mais de raciocínio. O problema do ENEM não é o conteúdo das questões, mas os objetivos da avaliação. Uma questão sobre metalinguagem pode ser sobre travestis ou sargentos do exército héteros brancos, desde que enfatize a consciência do que é metalinguagem. O resto é factoide.

– a estrutura da Universidade Pública deve ser repensada para que atinja mais pessoas, pois é alto o investimento.

– a segurança nas escolas do Basil precisa ser repensada. Professores e alunos estão morrendo.Não são apenas loucos, o tráfico cerca muitas escolas.

– um ministro ganhará muito se começar a assistir aulas pelo Brasil em escolas variadas e perceber algo que nenhuma região de gabinete demonstra. Futuro ministro, futura ministra: vá ver como está a guerra!

– os professores precisam de carinho e melhorias das condições de trabalho, não precisam de câmeras e clima de ditadura (de esquerda ou de direita). Já somos vigiados pelo alunos, pelos pais, pelos colegas, pelos coordenadores e pelos diretores. Em vez de mais vigias, que tal mais condições?

– educação é tarefa de Estado e não de governo.

– Ministros passam, educação fica. Consciência de uma responsabilidade com o Brasil e não com um partido ou uma pessoa. Fundamental o ministro futuro ou ministra saber que serve aos alunos e ao futuro da nossa pátria e não a um partido.

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.