Homem condenado por feminicídio em Pelotas

O tribunal do júri condenou Gelson Nunes Rodrigues, de 61, a 13 anos e quatro meses em regime fechado* pelo crime de feminicídio.

Ele matou Cleusa Maria Jardim Munhoz, 52, a pauladas, em 7 de março de 2018.

Matou por motivo fútil, segundo a justiça… dentro da casa, na Sanga Funda, Três Vendas.

“Fiz essa bobagem, todo mundo erra”, disse ele.

Disse achar que a mulher tivesse caso com outro homem.

Tentou alegar insanidade. Que passou a “ouvir vozes” e que “uma coisa ruim se encostou” nele.

“Foi uma covardia, ela foi vítima de violência doméstica e morreu em razão do gênero. Não é porque é uma pessoa de idade que não pode ser condenado por essa barbárie. O MP está satisfeito com a condenação”, disse o promotor José Olavo Passos.

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.