Morre catador atingido por disparos de militares no Rio

O catador de materiais recicláveis Luciano Macedo, 28, morreu na madrugada de hoje.

Ele foi baleado na ação do Exército no último dia 7, em Guadalupe, na zona norte do Rio, que resultou na morte do músico Evaldo Rosa, que teve o carro atingido por 82 disparos realizados por militares.

Macedo estava em estado grave desde o dia da ação.

Ontem, ele chegou a passar por cirurgia e ficou em estado crítico. Macedo estava em estado grave desde o dia da ação. Ontem, ele chegou a passar por cirurgia e ficou em estado crítico. Segundo informações da secretaria de Saúde, o catador morreu às 4h20.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.