A elite do funcionalismo contra a reforma

Valor Econômico informa que entidades que representam a elite do funcionalismo — como auditores fiscais, peritos e policiais federais e funcionários do Banco Central, da CGU e AGU — preparam uma ofensiva contra a reforma da Previdência.

Deputados identificados com esses segmentos já tem pelo menos 12 emendas à proposta, para quando o texto for à comissão especial.

O texto-base deve ser aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça na Câmara Federal.

“Um dos principais alvos dos sindicalistas é a progressividade da alíquota previdenciária, que atinge mais as faixas de renda mais altas”, detalha o Valor.

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.