Lula pode ir para o semi-aberto já em setembro

Pela primeira vez, um tribunal superior analisou a condenação do ex-presidente Lula, preso desde abril do ano passado, quando foi condenado em segunda instância pelo TRF-4 a 12 anos e um mês de prisão no caso do tríplex do Guarujá.

O Superior Tribunal de Justiça manteve a condenação por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, mas considerou que os desembargadores de Porto Alegre abusaram da pena.

Foi uma vitória para Lula: com o período de pena reduzido para 8 anos e 10 meses de prisão, o ex-presidente pode até passar ao regime semiaberto já em setembro.

É o que ocorre quando, cumprido um sexto da pena, e com bom comportamento, o preso pode deixar a cadeia durante o dia para trabalhar e retornar à noite.

Mas nem tudo foi ganho. Os ministros do STJ negaram unanimemente qualquer aspecto eleitoral ao crime. O STF havia decidido que crimes com aspecto eleitoral deveriam ser encaminhados ao TSE. Lula não se enquadrará. (Jota)

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.