Quatro empresas interessadas em restaurar Theatro Sete de Abril

Da prefeitura | Quatro empresas entregaram os envelopes com a documentação para participarem do Processo de Licitação para a continuidade de restauração do Theatro Sete de Abril.

Pela manhã (30) a Comissão Permanente de Licitações da Prefeitura recebeu os envelopes das empresas Carlos Lang Engenharia e Marques Imoveis Construtora, de Pelotas, e Marsou Engenharia Ltda e Construtora Biapó, ambas de Goiânia.

A Comissão fez a análise fiscal e jurídica da documentação, que a partir de agora passará por uma avaliação técnica pela equipe da Secretaria da Cultura (Secult), etapa que deve ser concluída na próxima semana.

A presidente da Comissão de Licitação, Laura Carriconde estima que em junho seja possível conhecer o nome da empresa vencedora, após o trâmite de todo o processo que inclui ainda prazos de avaliação e de recursos.

A empresa vencedora ficará responsável por recuperar toda a estrutura do prédio, etapa orçada em R$ 7,8 milhões, recursos a fundo perdido do Ministério da Cidadania, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Cidades Históricas.

O prazo de vigência do Contrato será de 18 meses, contados a partir da publicação do extrato no Diário Oficial da União, e de emissão da ordem de serviço determinando o seu início.

O Theatro Sete de Abril, inaugurado em 1833, se tornou um dos palcos mais famosos do País. O espaço foi fechado em 2010 para reforma. A primeira parte do restauro, que recuperou a cobertura do teatro, foi concluída em outubro de 2014. Em 2016, foi apresentado o projeto de restauração total, ficando à espera de recursos federais.

O Iphan aprovou em dezembro de 2018 o orçamento e publicou, no Diário Oficial da União, o Termo de Compromisso firmado entre a União/Iphan e o Município de Pelotas, o que possibilitou o encaminhamento da licitação.

Sete de Abril

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.